Google+ vai deletar perfis privados no final do mês

Pessoas mais preocupadas com a privacidade talvez não fiquem muito contentes com o Google+. A nova rede social não aceitarÁ perfis privados. Quem jÁ conseguiu um convite para rede e optou por "se esconder" de todo mundo, terÁ a pÁgina deletada a partir do dia 31 de julho.

Isso traz para o Google+ uma diferença fundamental em relação ao rival Facebook. Na rede criada por Mark Zuckerberg, o usuÁrio pode ter um perfil totalmente privado, que não aparece nos resultados do Google e sequer em buscas da própria rede, conforme o Mashable.



O Google lembra que quase todos os Google Profiles são públicos e assim também devem ser as pÁginas pessoais de cada membro do Google+. "Acreditamos que o melhor uso para os Perfis do Google seja ajudar as pessoas a encontrar e se conectar com você on-line.", diz a empresa na seção de ajuda da rede social. "Perfis particulares não permitem isso, então decidimos exigir que todos os perfis sejam públicos", explica.

Felizmente, nem todas as informações ficarão disponíveis para todos, somente o nome completo e o sexo. Outros dados que o usuÁrio não deseja compartilhar podem ser mantidos em sigilo.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.