Jogos eletrônicos podem ser mais expressivos, diz criador de Solid Snake

Em depoimento ao site GameIndustry.biz, o criador e produtor da série "Metal Gear Solid", Hideo Kojima, disse que, com a capacidade tecnológica de hoje em dia, os jogos eletrônicos podem ser muito mais expressivos culturalmente do que realmente são.

Um dos exemplos dados pelo renomado produtor para enfatizar sua colocação foi a transição dos filmes não falados, da época de Charlie Chaplin, para os que jÁ possuíam algum tipo de diÁlogo. "Com a recente tecnologia em nossas mãos, acredito que hÁ mais capacidade de expressão cultural nos videogames", disse Kojima no GamesLab, um evento realizado em Barcelona.

"Somos capazes de colocar as diferenças culturais de cada país e as diferenças de cada raça, o que é uma situação similar a que o ícone Charles Chapelin enfrentou. Ele não precisava de palavras para se expressar nos filmes, mas, de repente, ele teve que incluir algumas palavras e pequenos diÁlogos para continuar sendo relevante", continuou.

"Com a crescente capacidade de se expressar por diferentes maneiras nos jogos eletrônicos, acho que é apenas uma questão de aprender como incluir novas tendências de maneira proveitosa", completou Kojima.

Assuntos
Tags
  • Redator: Andrei Longen

    Andrei Longen

    Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Andrei Longen é entusiasta por videogames desde os 7 anos, quando ganhou um Odyssey 2, seu primeiro console. Hoje tem PS4, PS3 e PS Vita e adora caçar troféus em todos os jogos. Colabora no Adrenaline com notícias, análises, artigos, colunas e vídeos.

Qual vai ser o melhor game lançado em maio de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.