Microsoft Brasil é a nova vítima dos ataques de crackers

Com a crescente onda de ataques contra sites brasileiros, questionamos, nas últimas semanas, a validade ou não de publicar notícias relacionadas a cada incidente – jÁ que não houve, até agora, nenhuma invasão importante e nem vazamentos de dados críticos. Mas não podíamos deixar passar essa: o novo alvo dos "vândalos" foi a pÁgina da Microsoft Brasil, que foi atacada neste domingo (03/07).

A investida focou, aparentemente, no serviço de redirecionamento do site. Quando alguém digitava o endereço http://www.microsoft.com.br, ao invés de ser levado para a pÁgina oficial da companhia, deparava-se com uma mensagem dos invasores.



O servidor de redirecionamento estÁ hospedado em um servidor externo e, por enquanto, não se sabe se os crackers tiveram acesso ao banco de dados da Microsoft. O site saiu do ar por volta das 22h e voltou a funcionar normalmente na madrugada.

A Microsoft ainda não se pronunciou oficialmente sobre o assunto. Também não se sabe se existe alguma relação entre o grupo invasor e o LulzSec Brasil, suposta "filial" brasileira da equipe que jÁ atacou a Sony e empresas desenvolvedoras de games, antes de encerrar suas atividades. Por aqui, os crackers atacaram sites da Presidência da República e da Petrobras, mas não vazaram nenhum dado que jÁ não estivesse disponível publicamente.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Qual você acha melhor?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.