Myspace é vendido por uma fração do preço original

O grupo publicitÁrio Specific Media acaba de adquirir o Myspace, que deverÁ passar por mais uma reestruturação. Os valores da negociação não foram especificados, mas diversas publicações, como o AllThingsD do Wall Street Journal, afirmam que o valor da compra ficou em torno dos US$35 milhões. A cifra representa apenas aproximadamente 6% do total pago em 2005 pela News Corp., quando comprou a rede por US$580 milhões.



Um dos novos donos da rede serÁ o cantor Justin Timberlake, que, curiosamente, estrelou o filme "A Rede Social", sobre a criação do Facebook. Conforme a CNN, o artista irÁ desempenhar um papel fundamental no direcionamento dos novos rumos do Myspace.

"Existe a necessidade de um lugar onde os fãs possam ir para interagir com seus artistas preferidos, ouvir músicas, assistir a vídeos, compartilhar e descobrir coisas legais. O Myspace tem o potencial para ser esse lugar", declarou Timberlake, em um comunicado oficial da Specific Media. "Estou entusiasmado em revitalizar o Myspace usando sua plataforma de mídia social para unir artistas e fãs em uma só comunidade", completa.

Ainda segundo o comunicado, a Specific Media planeja utilizar a estrutura de rede social do Myspace para implantar campanhas publicitÁrias sociais, "fazendo com que marcas transformem suas campanhas em virais ao permitir que os usuÁrios compartilhem seus anúncios favoritos com os amigos."

Como parte da reestruturação, cerca de metade dos funcionÁrios deverÁ ser demitida. Em um memorando enviado aos colaboradores, o CEO do Myspace, Mike Jones, revelou que deixarÁ a empresa dentro de dois meses.

Nos últimos anos, o Myspace tem perdido espaço para redes como o Twitter e o Facebook, que, atualmente, é a maior rede social do mundo, com mais de 500 milhões de perfis. O Myspace, por sua vez, perdeu dez milhões de usuÁrios em um único ano.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Qual você acha melhor?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.