Design padrão da GeForce "Kepler" em 28nm está finalizado

De acordo com informações extra oficiais, a NVIDIA finalizou o design do modelo padrão da sucessora da geração de GPUs Fermi, codinome Kepler.

Uma das grandes novidades da futura geração de chips grÁficos da NVIDIA serÁ o processo de fabricação mais refinada em 28nm. Graças ao uso de uma nova litografia, a companhia terÁ condições de aumentar consideravelmente a quantidade de CUDA Cores/Shaders Processors dentro do núcleo grÁfico.

Segundo relataram algumas fontes, o modelo protótipo estÁ operacional e parece funcionar muito bem. Ao que tudo indica, desta vez a companhia não enfrentou problemas para finalizar o chip, como ocorreu com a geração GTX 200 e 400 (Fermi). Contudo, até se chegar a versão final (comercial), a Kepler deverÁ passar por inúmeras otimizações como forma de se melhorar a relação entre desempenho e consumo.

De acordo com a apresentação da NVIDIA durante a GTC 2010 no ano passado, as GPUs da geração Kepler terão desempenho por watt entre 3 e 4 vezes superior que as atuais GeForces GTX 400. A promessa da companhia é que a Kepler alcance uma performance  com ordem de grande entre 4 e 6 GFLOPs de Precisão Dupla por Watt, contra 2 GFLOPs da Fermi.

- Continua após a publicidade -

O nome da futura geração de chips grÁficos da NVIDIA é uma homenagem ao cientista alemão Johanes Kepler, que depois de Kopernik (Copérnico), foi quem mais se dedicou a pesquisar sobre astronomia.

Embora as especulações apontem que as GeForces da série 600 sejam lançadas no último trimestre de 2011, hÁ quem acredite que as Keplers só cheguem ao mercado no início do próximo ano, uma vez que a TSMC necessitaria de mais tempo para tornar o processo de fabricação em 28nm mais maduro.

Assuntos
Tags
  • Redator: Filipe Braga

    Filipe Braga

    Filipe Braga é um cearense extremamente simpático formado em Ciências da Computação e apaixonado por computadores e tecnologia em geral. Também participa de reviews de hardware, especialmente placas de vídeo, processadores e placas mãe.

Qual você acha melhor?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.