AMD cresce 15% na lista dos TOP 500 supercomputadores em seis meses

A AMD é destaque na mais recente lista bianual TOP 500 de supercomputadores, anunciada na International Supercomputer Conference 2011. A participação da AMD na Computação de Alto Desempenho (HPC) é demonstrada pelo crescimento de 15% no número total de sistemas na lista TOP 500, baseados em plataformas da empresa. Veja a lista dos 100 primeiros computadores neste link.


Mais da metade dos 68 supercomputadores baseados na tecnologia AMD possuem agora os processadores de oito e 12 núcleos AMD Opteron 6100 Series. Esses sistemas demonstram grande capacidade de desempenho, conforme mensurado pelo benchmark LINPACK, ao mesmo tempo em que estimulam o comércio e ajudam os pesquisadores a investigar problemas científicos complexos.

"A chegada do processador AMD Opteron coincidiu com a mudança da indústria de HPC para a arquitetura x86 baseada em cluster, deixando de usar sistemas proprietÁrios caros ou baseados em RISC", disse Leslie Sobon, vice-presidente corporativa de marketing de produto da AMD. "A AMD ofereceu a tecnologia de servidor que ajudou a impulsionar a democratização da supercomputação e tem demonstrado uma liderança firme em ajudar a quebrar os limites de desempenho de HPC.".


O futuro Processador Interlagos com 16 núcleos

- Continua após a publicidade -

Baseado no novo núcleo Bulldozer, o processador Interlagos da AMD com 16 núcleos, previsto para lançamento no terceiro trimestre de 2011, contarÁ com vÁrios novos avanços para a computação de alto desempenho, incluindo novas instruções para aplicativos de HPC, melhorias significativas de memória, e o novo Flex FP para processamento de ponto flutuante de 256 bits, uma inovação que permite uma economia significativa de energia geral do processador quando o Flex FP não é totalmente utilizado.

Assuntos
Tags
amd
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.