Entidades promovem "tuitaço" contra pontos do PNBL

Conexão de banda larga no Brasil é sempre um tema polêmico, e o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL) não escapa dos debates acalorados. Agora um grupo composto por 50 entidades, incluindo o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), estão promovendo um "tuitaço" contra medidas do plano, que segundo os manifestantes estão "entregando a internet na mão das teles".


O foco central da reclamação é que com o plano nacional o governo estÁ entregando para as empresas de telefonia os rumos da popularização da banda larga no país, e com isto dando "muitas regalias em troca".

Para os manifestantes, a única forma de se socializar o uso da internet, com qualidade, é que o governo participe de forma mais ativa, com instrumentos regulatórios para garantir a qualidade dos serviços prestados pelas empresas. Só assim o país conseguiria a democratização do acesso com um bom nível de qualidade, a longo prazo.

Os participantes irão postar twittes com as hashtags #MinhaInternetCaiu, frases como "As teles não merecem um pacote de bondades! Simples assim #MinhaInternetCaiu"; e também fazer menção aos twitters de @MiniComBrasil e @Paulo_Bernardo.

- Continua após a publicidade -

O plano jÁ "anda mal das pernas", com representantes do governo afirmando que as metas não serão cumpridas este ano, divergências com as operadoras de telefonia e até o próprio ministro das comunicações, Paulo Bernardo, jÁ afirmou que o crescimento do número de conexões almejado, resultado de oferta de conexão à internet por R$ 25,  pode esbarrar com limitações de infraestrutura.

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.