Homem morre eletrocutado por celular chinês

Celulares chineses com, digamos, "inspiração" em modelos originais existem aos montes por aí. A Nokia, inclusive, estima que um a cada cinco aparelhos vendidos no mundo inteiro é falsificado. Um desses dispositivos acabou causando uma tragédia na província de Panchmahal, no distrito de Gujarat, na Índia.

Dhanji Damor, um jovem de 25 anos, foi eletrocutado ao tentar fazer uma ligação enquanto o celular estava carregando plugado na tomada, conforme o Mobilecrunch. Policiais encarregados do caso afirmaram que o homem foi imediatamente levado ao hospital, mas jÁ havia falecido.


Casos como esse, felizmente, não são comuns, mas reacendem a questão em torno da regulamentação dos smartphones. Não é à toa que existem órgãos como a Anatel, para garantir que os aparelhos ofereçam o menor risco possível aos seus usuÁrios.

Não é por isso, porém, que aparelhos fabricados por empresas de renome ficam imunes a acidentes. Em julho de 2010, por exemplo, um iPhone 4 teria pegado fogo ao ser conectado ao computador, o que chegou a derreter o cabo de conexão. Na época, a causa do incidente foi atribuída a uma porta USB defeituosa.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.