Nokia pode perder o posto de no. 1 para Samsung e Apple no fim do mês

A Nokia Corp., líder no segmento dos smartphones desde o lançamento do primeiro Communicator em 1996 e maior fornecedora mundial de telefones celulares em geral, poderÁ perder o posto de número 1 ainda este mês.

A companhia, que vem passando por alguns problemas de gestão estratégica e inovação nos últimos anos, poderÁ perder a sua coroa para a Samsung Electronics e até mesmo para a Apple até o final desde mês. Pelo menos é o que aponta Stuart Jeffrey, da firma de consultoria e anÁlises de mercado Nomura Equity Research.

De acordo com a sua projeção, a gigante finlandesa teria sua participação de mercado encolhida de 25% (primeiro semestre) para 16% (segundo semestre), enquanto que a Samsung chegaria ao posto mais alto com 20%, seguida da Apple com 18%. Jeffrey projeta, inclusive, que a Nokia poderÁ ser ultrapassada pela HTC no final de 2012.

Os dados do analista Nomura Equity Research revelam que as vendas de smartphones Nokia com Symbian começaram a cair após o anúncio em meados de fevereiro de que a companhia passarÁ a adotar o não tão popular sistema operacional da Microsoft, o Windows Phone 7.

- Continua após a publicidade -

Além disso, Jeffrey cita outras "ações" realizadas pelo executivo chefe da empresa, Stephen Elop – como é o caso da ausência de um mapa de lançamentos claro e não focar em aparelhos de maior valor agregado – que reduziu ainda mais a popularidade dos aparelhos da Nokia entre as operadoras de telefonia móvel.

Assuntos
Tags
  • Redator: Filipe Braga

    Filipe Braga

    Filipe Braga é um cearense extremamente simpático formado em Ciências da Computação e apaixonado por computadores e tecnologia em geral. Também participa de reviews de hardware, especialmente placas de vídeo, processadores e placas mãe.

Qual vai ser o melhor game lançado em maio de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.