Sony não garante que pode descobrir quais dados foram roubados da PSN

Em entrevista cedida à rede britânica BBC, Kaz Hirai, o chefão da Sony Worldwide, disse que existe a possibilidade de que a empresa nunca venha a descobrir quem invadiu a Playstation Network, e nem mesmo que tipo de informação exatamente foi roubada dos usuÁrios da rede online.

"Com cerca de 100 milhões de contas comprometidas, temos a certeza de que elas foram acessadas. O que não temos a mínima ideia, contudo, é que parte dessas 100 milhões de contas foram tiradas dos nossos servidores", explicou Hirai.

"Por exemplo, pode ter sido 100 milhões de primeiros nomes, de sobrenomes, ou dos últimos quatro dígitos de um número de telefone, ou até mesmo os dados completos de todas essas contas. Não sabemos mesmo ao certo o que foi extraído".

 



"Essas pessoas que entraram nos nossos sistemas foram muito boas em esconder pistas ou rastros quando saíram do acesso aos nossos servidores. É por isso que iremos levar muito tempo para descobrir algo, ou até mesmo nunca saberemos quem são eles e o que levaram", completou.

A Playstation Network foi atacada por crackers em 20 de abril, quando a Sony desativou seus servidores por mais de um mês por ter rastreado atividades anormais na rede online. Os serviços de restauração foram completados hÁ pouco tempo.

Assuntos
Tags
  • Redator: Andrei Longen

    Andrei Longen

    Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Andrei Longen é entusiasta por videogames desde os 7 anos, quando ganhou um Odyssey 2, seu primeiro console. Hoje tem PS4, PS3 e PS Vita e adora caçar troféus em todos os jogos. Colabora no Adrenaline com notícias, análises, artigos, colunas e vídeos.

Qual você acha melhor?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.