Symbian receberá atualizações até 2016

O suporte ao Symbian não vai acabar tão cedo, segundo o CEO da Nokia, Stephen Elop. O executivo declarou durante uma entrevista ao site Nokia Conversations que a plataforma receberÁ upgrades até, pelo menos, 2016.

Isso não significa que a companhia irÁ desviar o foco dos novos aparelhos que chegarão baseados em Windows Phone 7, mas a ideia é não abandonar aqueles que investiram no Symbian, que hoje tem um market share de aproximadamente 20%.


Elop afirmou que "ainda hÁ uma longa história a ser pavimentada para o Symbian no futuro", mas não forneceu maiores detalhes sobre a estratégia de atualizações ou por quanto tempo outros dispositivos baseados no sistema ainda serão fabricados.

Desde que a finlandesa oficializou sua parceria com a Microsoft, com a intenção principal de incluir o Windows Phone 7 em seus novos smartphones, surgiram muitas dúvidas sobre o futuro do Symbian. O CFO da Nokia, Timo Ihamoutila, garantiu que o Symbian sobreviverÁ enquanto mantiver uma "boa margem de lucro" e que a companhia deve produzir aparelhos com a plataforma por mais um ou dois anos.

Em abril, a Nokia apresentou a nova versão do sistema, conhecida como Symbian Anna. Entre as novidades, estão novos ícones, digitação na touchscreen facilitada, um navegador mais rÁpido e novas funções integradas ao Ovi Maps, com um mecanismo de busca aprimorado e a inclusão de novas rotas de transporte público. No mesmo mês, a companhia lançou dois novos aparelhos baseados no sistema: o E6 e o X7.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

O que você prefere?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.