AMD lança placas da série 6000 no Brasil

A AMD anunciou o lançamento das placas grÁficas Radeon 6670, 6570 e 6450, placas grÁficas do segmento de entrada. As GPUs tem como enfoque o uso cotidiano, com aceleração em atividades como navegação na internet, rodar vídeos em alta qualidade e melhor performance em softwares que aproveitam o processamento das placas de vídeo, como programas da Adobe e vídeos do YouTube.


6670, 6450 e a 6570

Todas as placas possuem preço abaixo da casa dos 100 dólares nos Estados Unidos, e devem chegar ao Brasil abaixo dos R$ 300,00, segundo a AMD. Todas as placas tem como destaque o baixo consumo de energia e o custo benefício, melhorando a experiência de uso do computador para os usuÁrios. Segundo Roberto Brandão, Gerente de Tecnologia da empresa no Brasil, a 6450 é a placa de vídeo que todo o público "não-gamer" deve ter, por trazer todas as vantagens de uma GPU aliada a um preço acessível.

Apesar das especificações mais modestas, a 6450 é capaz de rodar vídeos em alta resolução, utilizar os recursos de aceleração com uso da GPU dos navegadores e aplicativos. A empresa também promete uma jogabilidade acima dos 30 FPS (frames por segundo) em diversos jogos. JÁ com a 6670, a placa mais robusta entre os lançamentos, a AMD promete gameplay com mais de 30 FPS em resolução FullHD (1920x1080) em todos os jogos, com um monitor, e em algum caso até mesmo com três monitores simultâneos.

A quantidade de frames por segundo é um importante indicativo da qualidade da experiência que o jogador terÁ durante o jogo. Quanto maior o número, maior a sensação de "fluidez" dos movimentos, enquanto que o contrÁrio causa a sensação de cortes "travados e abruptos" nas imagens. Como referência, as imagens da televisão ou do cinema estão normalmente em 24, 25 ou 30 FPS.

A 6570 é a placa intermediÁria entre os dois modelos, e Brandão apontou como uma boa opção para montar um blu-ray 3D para uma televisão, além de ser capaz de rodar a maioria dos jogos em  30 FPS em resolução FullHD. Todas as placas lançadas possuem suporte ao 3D estereoscópico.

Tecnologias da série 6000

A empresa também apresentou vÁrias das tecnologias presentes nesta geração de placas, como o DirectX 11, que traz uma maior qualidade grÁfica nos jogos com recursos como o Anti-aliasing, que suaviza o cerrilhado nas bordas dos objetos, ou o Tessalation, um recurso que melhora a definição das formas dos objetos, trazendo novas possibilidades na modelagem de cenÁrios e objetos.


Diferenças dos grÁficos com Tesselation

As placas também contam com o Eyefinity, recurso que possibilita conectar mais de um monitor a placa de vídeo, e aumentar desta forma a resolução da imagem exibida e aumentar desta forma a sensação de imersão no jogo, pois amplia o campo visual do jogador. As três placas lançadas possuem suporte a este recurso, com a 6750 sendo capaz de rodar jogos alta resolução com o Eyefinity.



Assim a série 6000, segunda a AMD, tem como enfoque os sistemas de entretenimento, como PCs conectados à televisores, assim com jogadores casuais e também o usuÁrio médio, com as melhorias de uso do computador através dos recursos de aceleração da placa de vídeo, tudo com um preço acessível e uma otimização no uso de energia.

Assuntos
Tags
amd
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Qual o seu palpite para os preços dos consoles da próximo geração?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.