Microsoft demite dois funcionários por vazamento do Windows 8

A sequencia de vazamentos relacionados ao Windows 8 pode ter custado o emprego a dois ex-funcionÁrios da Microsoft. Postagens no forum mydigitallife.com, frequentado por empregados de grandes empresas de tecnologia sugerem que dois dos frequentadores perderam seus postos de trabalho na gigante de Redmond.

A Microsoft tem tomado bastante cuidado para evitar vazamentos com os betas do Windows 8. As versões de teste vêm, inclusive, com um papel de parede que diz "shh... não vamos vazar nosso trabalho duro" ("shh... let's not leak our hard work"), uma pista de que a empresa jÁ esperava que vazamentos pudessem ocorrer.

O Windows 8 também parece ter uma série de funcionalidades que estão ocultas para pessoas de fora da Microsoft. Versões de desenvolvimento separadas, conhecidas como "red pills", fazem uma verificação de licença para confirmar se a pessoa é um empregado da Microsoft ou alguém de fora com autorização para ver todas as funcionalidades do software. Sem a licença, o sistema não exibe uma série de funções. Acredita-se que a interface dedicada a tablets seja parte do conteúdo dessas versões "red pill".

Assuntos
Tags
  • Redator: Alexandre Lunelli

    Alexandre Lunelli

    Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Alexandre é um entusiasta da fotografia, música, e demais áreas que não cansem muito. Fã da comunidade opensource, e sonha com um mundo mais bonito, igualitário e sem o trabalho, mal que corrompe a humanidade.

Qual o seu palpite para os preços dos consoles da próximo geração?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.