Procon divulga lista de sites que não entregam os produtos

A Fundação Procon-SP divulgou ontem, dia 3, uma lista com 19 nomes de sites de comércio eletrônico que não entregam os produtos comprados na web. Os negócios oferecidos pelas empresas vão desde notebooks e eletrônicos em geral, a livros, apostilas e tênis.

Segundo o Procon, esta iniciativa serve a princípio como alerta para quem costuma fazer compras na internet ou até para quem se estÁ criando coragem para fazê-lo pela primeira vez. Cabe frisar que alguns destes sites - identificados por asteriscos - continuam no ar e oferecendo suas mercadorias.



Para ver a imagem em uma resolução maior clique aqui


A relação foi feita com base na reunião de reclamações de consumidores que afirmaram terem pago pelos produtos e nunca os receberam em casa. O órgão ressaltou que algumas destas empresas de e-commerce, além de não enviarem o pedido, sequer são encontradas em seus endereços oficiais, cadastrados na Receita Federal e Junta Comercial.

O encaminhamento dos processos agora fica por conta do Departamento de Polícia e Proteção à Cidadania (DPPC), que jÁ recebeu a denúncia, com os nomes, feita pelo serviço de Proteção ao Consumidor, que agora deverÁ avaliar a adoção de medidas em seu âmbito de atuação.

Além da lista o Procon aproveitou para dar algumas dicas (realmente úteis) para que o usuÁrio tenha mais segurança ao fazer seus negócios online, evitando fraudes, golpes ou uso indevido de suas informações pessoais.

  • Antes de fechar a compra, faça pesquisa no site da Fundação Procon-SP, www.procon.sp.gov.br , para verificar se a empresa tem registro de reclamações.
  • Desconfie de preços abaixo da média do mercado.
  • Verifique no site registro.br os dados da empresa, tais como, razão social, endereço, CNPJ. Se o domínio for .com ou .net, cheque onde o site estÁ hospedado através dos seguintes sites: whois.domaintools.com, who.is, whois.com; fique atento se o site estiver hospedado fora do Brasil;
  • Desconfie de sites que exigem depósito em conta corrente de pessoas físicas ou depósitos em caderneta de poupança;
  • Consulte as redes sociais para verificar se existem registros de reclamações;
  • Verifique o endereço físico da empresa, telefones, e-mails e quais os procedimentos para reclamação, devolução, garantias, etc;
  • Guarde todos os dados das compras: o nome do site, itens adquiridos, valores pagos, número do protocolo da compra ou pedido;
  • Exija sempre nota fiscal  da compra.



Assuntos
Tags
  • Redator: Pedro Lima

    Pedro Lima

    Graduando de Jornalismo e Ed. Física, Pedro cresceu jogando videogames e futebol. Dividiu sua infância e adolescência com master-system, super nintendo, 486, k6-2, playstations e outros eletrônicos. Com eles aprendeu, além de gostar de games, tecnologia e ciência, a idolatrar Homer Simpson e Jaiminho, do Chaves.

O que você prefere?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.