Chipset Panther Point (geração Ivy Bridge) terá suporte ao PCI-Express 3.0

De acordo com um suposto slide da Intel, a nova geração de chipsets Panther Point, para os futuros processadores de 22nm Ivy Bridge, terÁ entre outras novidades, o suporte ao bus de conexão PCI-Express 3.0.

Além de dobrar a largura de banda de conexão, o PCIe 3.0 terÁ ainda uma série de novos recursos e melhorias nas especificações elétricas.

Com a chegada da geração Panther Point, a Intel colocarÁ um fim a era dos chipsets sem suporte a vídeo, uma vez que todos os novos processadores LGA1155 serão compatíveis com a tecnologia Intel Flexible Display Interface (FDI). Assim, sairÁ de cena a linha P, para ficar apenas a Z e H. O Z77 serÁ voltado para o público entusiasta, compatível com uma grande variedade de configurações no link PCIe; enquanto que o Z75 (intermediÁrio) terÁ suporte para até 2 VGAs; e finalmente o H77 suportarÁ apenas uma placa 3D, sem a possibilidade de overclock no processador, recurso que ficarÁ restrito apenas aos chipsets da série Z.

Enquanto que o X79, voltado para os processadores LGA2011 (TOP), suporta até 10 portas SATA de 6Gbps, o Panther Point ficarÁ restrito a apenas 2 portas SATA III, com mais 4 portas SATA II (3 Gbps), além de 4 portas USB 3.0 (nativo).

Assuntos
Tags
  • Redator: Filipe Braga

    Filipe Braga

    Filipe Braga é um cearense extremamente simpático formado em Ciências da Computação e apaixonado por computadores e tecnologia em geral. Também participa de reviews de hardware, especialmente placas de vídeo, processadores e placas mãe.

O que você prefere?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.