- Publicidade -

CEO da Ubisoft vai cortar seu pagamento em US$ 300 mil após desempenho abaixo do esperado

Empresa reafirmou seu desejo de criar um ambiente mais diverso e inclusivo
Créditos: Divulgação/Ubisoft

Yves Guillemot, CEO da Ubisoft, anunciou um corte voluntário em seu pagamento durante a última reunião que a empresa realizou com seus acionistas. Como resultado de um desempenho comercial abaixo do esperado, o executivo decidiu abrir mão de US$ 327 mil a que teria direito durante o ano fiscal de 2021.

Essa é uma decisão pessoal de Yves Guillemot, que ele tomou considerando que a companhia não atingiu os alvos financeiros que tinha comunicado publicamente aos mercados”, afirmou um porta-voz da companhia ao site Axios. O veículo foi o responsável pela descoberta do corte de pagamentos, que estava explicado em documentos divulgados publicamente no dia 14 de junho.

Apesar de abrir mão de um valor considerável, Guillemot ainda vai receber a maior parte dos pagamentos que lhe são devidos. Os US$ 327 mil faziam parte de um bônus anual condicionado à performance financeira da empresa, que não vão mexer com as rendas fixas do CEO, que devem ser de US$ 657 mil durante o período que compreende o ano fiscal de 2021, encerrado em março deste ano.

Guillemot divulgou dados sobre igualdade de oportunidades na Ubisoft

Apesar de não ter a mesma imagem pública negativa que Bobby Kotick, da Activision Blizzard, Guillemot também teve que lidar com uma série de acusações de assédio e tratamento desigual em sua empresa nos últimos meses. O relatório fiscal mais recente não trata diretamente desses temas, mas afirma que a desenvolvedora agora possui 25% de sua força de trabalho formada por mulheres — que representaram um terço das contratações nos últimos 12 meses.

A companhia também afirmou que 42% de seu Comitê Executivo e 45% de seu quadro de acionistas é formado por mulheres. “Temos planos de continuar a construir uma organização mais diversa e inclusiva”, afirmou a Ubisoft em seu relatório. Segundo o documento, a companhia fechou o ano fiscal com quedas de 14% em sua margem de lucro e 5% em suas vendas, resultando em uma queda de 50% no valor de suas ações no último ano.

- Continua após a publicidade -

CEO da Ubisoft diz que a empresa “tem tudo para permanecer independente”

CEO da Ubisoft diz que a empresa “tem tudo para permanecer independente”
Yves Guillemot afirmou que a empresa não está à venda

A decisão de Guillemot de cortar seus pagamentos em um momento de crise não é inédita e traz à memória ações de Satoru Iwata, ex-CEO da Nintendo, que cortou duas vezes o próprio salário em meio ao desempenho abaixo do esperado do Wii U. Semana passada, o CEO da EA, Andrew Wilson, também revelou que vai ter um corte de US$ 20 milhões em seus pagamentos anuais, decisão que foi resultado da pressão de acionistas da empresa.
 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Kotaku
Tags
  • Redator: Felipe Gugelmin

    Felipe Gugelmin

    Jornalista com 10 anos de experiência nas áreas de tecnologia e games, gosta de estar por dentro das últimas tendências e novidades. Dedica boa parte do tempo livre a jogar (representante da PC Master Race), mas também arranja um tempo para a vida social, leituras e dar passeiros com seu cachorro.

- Publicidade -

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.