- Publicidade -

Relatório indica que haverá queda de 8,2% nas vendas de PCs em 2022

Inflação, guerra e efeitos da pandemia são as causas da queda na procura por PCs
Créditos: Gurobi/Reprodução

De acordo com um relatório publicado pela IDC, firma de análises do mercado global, as vendas de PCs irão reduzir em 8,2% em 2022, se comparadas com o ano de 2021. 

A IDC espera que até o final do ano 321.2 milhões de PCs sejam comercializados ao redor do mundo, um valor inferior se comparado com as 348.8 milhões de unidades comercializadas em 2021, como apontou a IDC. A firma também aponta que os principais fatores que levarão à redução de 8,2% são a inflação, a guerra entre Rússia e Ucrânia e também aos efeitos causados pela pandemia, que durante 2021 foi um dos fatores que levou ao aumento das vendas de PCs. 

Como podemos ver nos dados apurados pela IDC, referentes as vendas durante o primeiro trimestre de 2022, comparados com o mesmo período de 2021. Algumas das maiores fabricantes apresentaram quedas expressivas, enquanto Apple, Dell e Asus apresentaram modestos acréscimos.. A Lenovo foi de 20.1% em 2021, para 18.3% em 2022, a HP foi de 19.2% para 15.8% e a Acer de 5.8% para 5.4%.

Já a Apple obteve um acréscimo de 0.3% durante o primeiro trimestre de 2022. A Dell e Asus apresentaram aumento de 0.8%. Por outro lado a IDC aponta que o ano de 2023 teve representar resultados mais positivos para o mercado, caso a situação global não enfrente novas complicações. 

- Continua após a publicidade -

As previsões da firma apontam que a partir entre os anos de 2023 a 2026 teremos um acréscimo na compra de PCs e estagnação nas vendas de Tablets. É importante ressaltar que o gráfico acima é apenas uma projeção de vendas e que, mesmo assim, os números de dispositivos vendidos não devem atingir os mesmos patamares que vimos nas vendas de PCs tradicionais durante o ano de 2021, que foi muito impulsionado pelo prolongamento da pandemia. 

Atualmente o mercado de hardware, no geral, vem se acostumando com uma nova fase de redução de preços de peças como CPUs e GPUs. Isso leva a algumas fabricantes a acreditarem que entusiastas devem voltar a montar seus PCs e que o movimento deve atingir seu pico em 2023. Se tais previsões se univrem ao que a IDC aguarda do mercado tradicional de PCs, o ano de 2023 deve apresentar bons resultados para o mercado.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Toms Hardware, IDC
Assuntos
Tags
  • Redator: Luiz Schmidt

    Luiz Schmidt

    Estudante de jornalismo na UFSC e Escritor. Amante de games, anime, manga e cultura japonesa. Autor do livro Histórias de Amor Talvez Estranhas.

- Publicidade -

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.