Grupo Anonymous ameaça Sony e inicia onda de ataques

Os ciberativistas do Anonymous parecem ter encontrado outro alvo: a Sony. Os ataques começaram no início da semana e chegaram a tirar do ar os sites Sony.com e Playstation.com por alguns instantes. A jogatina na Playstation Network também apresentou problemas para alguns gamers.

Embora a Sony atribua os inconvenientes a uma "manutenção esporÁdica", conforme o site Nexus404, os integrantes do Anonymous têm ameaçado a companhia, o que leva a crer que o grupo seja o responsÁvel pelas falhas.



As investidas vêm como represÁlia à batalha judicial travada entre a Sony e o hacker GeoHot, conhecido por realizar o jailbreak no Playstation 3. De acordo com o Slashgear, o Anonymous argumenta que a Sony deveria dar aos seus clientes o direito de distribuir informações sobre o hardware que ela produz.

Em um comunicado publicado em seu site oficial, o Anonymous afirma que a Sony "vitimizou seus próprios consumidores somente por possuírem e compartilharem informações, e continuam mirando em qualquer pessoa que procuram por essas informações". Ainda segundo o grupo, a atitude é imperdoÁvel e viola a privacidade de milhares de pessoas.

A carta termina com uma ameaça. "Agora vocês vão experimentar a ira do Anonymous. Vocês precisam enfrentar as consequências dos seus atos", intimida. Como se não bastasse, o grupo também postou no Youtube um vídeo dedicado à Sony, argumentando que a atitude da empresa em relação aos usuÁrios que fizeram jailbreak "equivale a punir uma pessoa que adquiriu um computador e apagou alguns programas".



O grupo Anonymous começou a ganhar notoriedade depois dos ataques contra instituições que negaram apoio ao WikiLeaks, em dezembro do ano passado. Depois, os hackers passaram a focar em outros alvos, como os governos da Tunísia e do Zimbabwe e até mesmo uma empresa de segurança dos Estados Unidos.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.