- Publicidade -

Próxima geração de GPUs precisará de soluções mais eficientes de resfriamento

Com grandes poderes vêm grandes necessidades de energia para dar conta de todo o potencial que as placas têm a oferecer
Créditos: Newegg

Se com grandes poderes vêm grandes responsabilidades, quando se trata de uso de energia em GPUs, grandes cargas precisam vir acompanhadas de soluções de resfriamento mais eficientes. Será que o que existe atualmente no mercado é suficiente para dar conta da nova geração de placas de vídeo?

Empresas fabricantes de coolers e soluções de resfriamento já estão de olho nisso e enxergam esse cenário como uma ótima oportunidade para estimular os consumidores a adquirirem produtos novos mais eficientes. É o que mostra um relatório publicado pelo Digitimes nesta semana.

Próxima geração de GPUs elevará demanda por coolers de alta performance

A notícia é animadora para as fabricantes desses componentes. Componentes de alta performance requerem materiais premium e as soluções de engenharia nesse patamar costumam oferecer boas margens de lucro para os fornecedores. Ou seja, é um bom negócio para a indústria estimular a adoção mais rápida de GPUs que “puxam” mais energia.

Cooler para PC

Tanto AMD quanto NVIDIA preparam o lançamento de GPUs “monstrinhas” para o segundo semestre deste ano. É bem provável que as GPUs de 5 ou 6 nm da empresa requeiram mais energia do que os modelos atuais – o que significa uma concentração mais alta de poder – e calor – em um único chip. O cenário entre as GPUs da NVIDIA não é diferente e placas entregues por empresas parceiras podem chegar facilmente aos 600W de consumo.

O que as empresas estão preparando?

A reportagem do DigiTimes ouviu representantes das empresas Auras Technology e Sun Max. No caso da Auras, a equipe está trabalhando em câmaras de vapor para notebooks, mas mais detalhes sobre o que está sendo produzido são mantidos em segredo. A taiwanesa ASUS é uma das empresas que adota sistemas similares em seus notebooks, como nos modelos ROG Strix Scar 17 SE e Rog Flow X16.

- Continua após a publicidade -

Já a Sun Max, além de se mostrar otimista com o cenário que vê à frente, destaca que já vem notando aumentos no volume de vendas e na lucratividade. A empresa investiu cerca de US$ 2 milhões em pesquisa e desenvolvimento de ventoinhas em 2021 e registrou centenas de patentes relacionadas.

Leia também: CPU Boost: cooler importa para aumentar desempenho do processador?

O quanto precisaremos nos preocupar com troca de soluções de resfriamento para atender às GPUs da nova geração, ainda não sabemos. Nem AMD e nem NVIDIA se pronunciaram oficialmente sobre o potencial de suas placas. Entretanto, se eu fosse você, ficaria de olho em soluções mais robustas que devem aparecer no mercado nos próximos meses.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Tom's Hardware, Digitimes
  • Redator: Wikerson Landim

    Wikerson Landim

    Jornalista desde 2003 e atual Editor dos sites Adrenaline e Mundo Conectado. Em quase duas décadas, foi editor de diversos sites de tecnologia, games e entretenimento, além de produtor de conteúdo para sites corporativos. Nas horas vagas, assume o volante para dirigir caminhões no Euro Truck e em todos os jogos de corrida que surgirem pela frente.

- Publicidade -

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.