China acusa empresas ligadas ao Google de violações fiscais

A China acusou três companhia ligadas ao Google por violações fiscais e estão investigando as empresas em um caso de possível sonegação de impostos. A guerra entre China e o Google jÁ se estende por um longo tempo e diversas acusações são feitas de ambos os lados, dessa vez foi o país asiÁtico que resolveu colocar pressão sobre a companhia norte-americana.

O Google, por sua vez, confirmou que mantém ligações com as três companhias, mas negou que elas estejam comentendo crimes fiscais contra o governo chinês. "Acreditamos que, como sempre, estejamos cumprindo plenamente as leis tributÁrias chinesas", afirmou o representante da empresa em comunicado à Reuters.

O governo chinês é uma forte barreira à consolidação do Google no país. A companhia, porém, não quer desistir do maior mercado de internet do mundo, que hoje é controlado pelo grupo Baidu e que conta com cerca de 450 milhões de usuÁrios. No ano passado, esse mercado movimentou cerca de US$1.7 bilhão de dólares, valor que deve crescer 50% nos próximos quatro anos.

Assuntos
Tags
  • Redator: Gian Kojikovski

    Gian Kojikovski

    Peixe fora d'água, Gian Kojikovski demorou em entrar no mundo da tecnologia. Ganhou seu primeiro computador aos 11 anos mas só foi descobrir como usá-lo aos 13. Desde então, gastou tardes e madrugadas entre os clássicos The Sims e GTA II. É estudante de jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina e tem interesse em pesquisas na área de smartphones.

O que você prefere?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.