- Publicidade -

NVIDIA aposta em liquid cooling em GPUs para reduzir consumo de energia em data centers

Nova empreitada da empresa começará com a placa aceleradora A100
Créditos: NVIDIA

A NVIDIA anunciou novos planos para reduzir o consumo em data centers através de placas aceleradoras refrigeradas com liquid cooling. Iniciando com uma versão da GPU NVIDIA A100 com liquid cooling, a empresa promete que o consumo da placa será 30% menos dessa maneira, aliviando o gigantesco consumo de energia de sistemas que lidam com altíssimo volume de dados.

O release da NVIDIA cita a empresa Equinix, um provedor global de data centers que gerencia mais de 240 sistemas pelo mundo e que está comprometido a se tornar o primeiro a investir em sustentabilidade nessa área. "Nós temos 10 mil clientes contando conosco para ajudá-los nessa jornada. Eles demandam mais dados e mais inteligência, geralmente com IA, e ele querem isso de uma forma sustentável", disse Zac Smith, responsável pela Equinix.

Segundo a NVIDIA, já existe um benefício natural trocando servidores que trabalham somente com CPUs para placas aceleradoras, como a A100. Seriam economizados 11 trilhões de watt por hora de energia em um ano. "Isso é como economizar o consumo de mais de 1.5 milhão de lares em um ano". Mais ainda seria economizado usando as GPUs com refrigeração líquida.

Mesma potência, mais vantagens

Em testes feitos pela NVIDIA e a Equinix, chegou-se a conclusão de que um data center equipado com GPUs A100 com liquid cooling executando o mesmo workload feito por um sistema convencional a ar, o consumo é diminuído em até 30%. A NVIDIA estima que data centers podem atingir 1.15 PUE (Power Usage Effectiveness/Eficácia do uso de energia) usando GPUs com liquid cooling, diferente dos 1.6 PUE com placas convencionais.

- Continua após a publicidade -

Outra vantagem das placas aceleradores equipadas com sistema líquido de refrigeração, é que elas ocupam menos espaço por não precisarem de grandes dissipadores e fans como é normalmente uma GPU para data center ou uma placa de vídeo convencional.

Assim, além de diminuir em até 30% o consumo total de um sistema, as empresas usariam até 66% menos racks, dependendo do tamanho de sua infraestrutura, reduzindo não só custos em energia, mas também em equipamento.

A NVIDIA garantiu que empresas parceiras como a Asus, ASRock Rack, Foxconn Industrial Internet, GIGABYTE, entre outras, estarão disponibilizando seus racks incorporados já com a GPU A100 com refrigeração líquida ainda este ano.

- Continua após a publicidade -

A nova abordagem da gigante da indústria de tecnologia, iniciando com a GPU A100 com liquid cooling, começará neste ano.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: WCCFtech
Tags
  • Redator: Raphael Giannotti

    Raphael Giannotti

    Entusiasta de JRPG, viveu a era de ouro do gênero nos anos 90. Fã incondicional de Zelda e Final Fantasy, hoje garimpa as bibliotecas de PC em busca de jogos épicos como esses. Enquanto não acha, zera tudo (ou quase) o que vê pela frente. Hobby atual: jogar o máximo de souls-like e metroidvania. Jornalista formado pela UFMA, gamer desde 1991.

- Publicidade -

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.