Morre Paul Baran, um dos pioneiros da Internet

O engenheiro Paul Baran, responsÁvel por desenvolver alguns dos fundamentos da Arpanet, rede militar americana que deu origem à Internet, morreu aos 84 anos no último sÁbado (26/03) devido a complicações causadas por um câncer no pulmão.

Nascido na Polônia em 1926, mudou-se para os Estados Unidos dois anos depois, onde formou-se em Engenharia Elétrica e realizou estudos para elaborar uma forma eficiente e segura de comunicação.



Baran criou, nos anos 60, em meio à tensão nuclear entre os Estados Unidos e a União Soviética, uma solução de controle e comunicação que poderia sobreviver a um eventual desastre. A ideia era estruturar uma rede descentralizada, sem um comando central que pudesse ser destruído por inimigos.

Dessa forma, o engenheiro imaginou uma rede composta por diversos nós funcionando como switches que direcionam as informações para o seu destino. Baran também desenvolveu o conceito de pacotes, que agregam dados e trafegam por diferentes caminhos até que chegam à sua destinação, onde são reconstruídos.

Esses preceitos de Baran foram fundamentais para a criação da Arpanet, uma vez que permitem a existência de uma rede menos vulnerÁvel a ataques. A Arpanet deu origem à Internet como conhecemos hoje que, apesar de muito mais evoluída em relação hÁ décadas atrÁs, continua funcionando sobre os mesmos princípios desenvolvidas por Baran.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Qual você acha melhor?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.