Créditos: Divulgação/Square Enix
- Publicidade -

Square Enix continua a defender Balan Wonderworld e confirma processo contra criador

A empresa diz que “recomenda o jogo com confiança”
Por Felipe Gugelmin 13/05/2022 14:06 | atualizado 13/05/2022 14:06 Comentários Reportar erro

Durante a divulgação de seu mais recente relatório fiscal, a Square Enix voltou a defender a qualidade de Balan Wonderworld, game que chegou a receber a média 36 no Metacritic. Além de continuar “recomendando o jogo com confiança”, a empresa japonesa confirmou que entrou em uma disputa judicial com seu diretor, Yuji Naka

Embora a disputa judicial tenha sido citada pela companhia e questionada por acionistas, até o momento seus representantes afirmam que não vão comentar publicamente o caso. Em uma série de publicações feitas em sua conta no Twitter, Naka afirmou que a Square Enix “não liga para os jogadores” e explicou que foi afastado de suas funções meses antes do lançamento do jogo.

Segundo Naka, o produtor de Balan Wonderworld, Noriyoshi Fujimoto, ignorou suas sugestões e críticas sobre o estado em que o game estava durante seu processo de desenvolvimento. O diretor também acusa a Square Enix de saber que o título não estava em um estado aceitável, mas preferiu lançá-lo mesmo assim para cumprir datas estipuladas em seu calendário.

Balan Wonderworld teve péssima recepção

Com notas que variam entre 36 e 51 no Metacritic, o jogo foi bastante criticado por trazer conteúdos considerados incompletos — e que podiam chegar a provocar ataques de epilepsia. Para criá-lo, Yuji Naka formou a Balan Company, que reuniu diversos desenvolvedores veteranos da indústria, incluindo o artista Naoto Ohshima — responsável pelo design original de ninguém menos que Sonic.

Para Naka, Balan Wonderworld representa sua “única chance” de criar um jogo de plataforma desde que ele deixou oficialmente o Sonic Team em 2006. No entanto, segundo os relatos do diretor, o processo de desenvolvimento foi bastante conturbado e acabou sendo marcado pelas disputas com a desenvolvedora Arzest.

- Continua após a publicidade -

Square Enix aumenta lucros em 90% ajudada pelo sucesso de Final Fantasy XIV

Square Enix aumenta lucros em 90% ajudada pelo sucesso de Final Fantasy XIV
Relatório fiscal mostra declínio nos jogos HD publicados pela empresa

O profissional também afirma que discordou do fato de que um YouTuber foi selecionado pela Square Enix para tocar uma das músicas do jogo antes mesmo da divulgação de sua trilha sonora oficial. Naka entrou com um processo legal contra a empresa após ter sido impedido de finalizar o projeto e afirma que “é por isso que Balan Wonderworld recebeu todas as críticas e comentários que vocês conhecem muito bem”.
 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: VGC
Tags
  • Redator: Felipe Gugelmin

    Felipe Gugelmin

    Jornalista com 10 anos de experiência nas áreas de tecnologia e games, gosta de estar por dentro das últimas tendências e novidades. Dedica boa parte do tempo livre a jogar (representante da PC Master Race), mas também arranja um tempo para a vida social, leituras e dar passeiros com seu cachorro.

- Publicidade -

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.