Créditos: Livecoins
- Publicidade -

República Centro-Africana é o segundo país do mundo a adotar Bitcoin como moeda oficial

Apenas 11% da população tem acesso à internet e muita gente nem sabe o que é Bitcoin
Por Saori Almeida 03/05/2022 15:28 | atualizado 03/05/2022 15:28 Comentários Reportar erro

A República Centro-Africana adotou oficialmente o bitcoin como moeda nacional. Este é primeiro país da África e segundo no mundo que decide fazer isso, seguindo a mesma atitude de El Salvador no ano passado.

A decisão foi divulgada em um comunicado oficial assinado por Obed Namsio, chefe de gabinete do presidente Faustin-Archange Touadera, no final da semana passada, com a aprovação do parlamento por unanimidade e apoio do presidente. O lado curioso dessa história é que a República Centro-Africana é um dos países mais pobres do mundo, além de ter muito pouco acesso à internet e eletricidade. Para deixar mais claro: o país tem 4,8 milhões de habitantes, dos quais apenas 11% acessam a internet e 14% tem eletricidade.

O chefe de gabinete Obed Namsio não elaborou muito, mas disse a representantes da Reuters que "O presidente apoia este projeto porque melhorará as condições dos cidadãos da África Central".

Segundo especialistas do mercado financeiro, essa poderia ser uma tentativa de se libertar um pouco da influência europeia na economia local. Até então, a moeda oficial do país era apenas o Franco CFA da África Central (XAF), moeda regional governada pelo Banco dos Estados da África Central (BEAC) e que é atrelado ao euro. 

No entanto, a introdução do bitcoin como moeda oficial pode vir a passos bastante lentos, já que, além do pouco acesso aos meios que permitem sua adoção, a população não está acostumada com o conceito da criptomoeda. Na verdade, muitos habitantes de Bangui, capital da República Centro-Africana, afirmaram não saber o que é o bitcoin e ainda é comum usar dinheiro em espécie por lá.

- Continua após a publicidade -

Outro possível motivo para essa adoção estaria relacionado ao conflito entre Rússia e Ucrânia. A República Centro-Africana se absteve no conflito, mas a relação estaria no fato da Rússia vender óleo e gás via bitcoins para reduzir o impacto das sanções econômicas. 

Atualmente, uma unidade de bitcoin equivale a R$189.137,54. Apesar das quedas constantes nos últimos 6 meses, a mesma moeda pode ser convertida em mais de 23,6 milhões de francos CFA da África Central.  

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Reuters
Assuntos
Tags
  • Redator: Saori Almeida

    Saori Almeida

    Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

- Publicidade -

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.