Google decide não abrir o código do Honeycomb

O Android é conhecido por ser um sistema de código aberto, que pode ser customizado e distribuído em diversos tipos de aparelhos, embora seu foco sejam os smartphones. A versão do sistema desenvolvida para tablets, o Honeycomb, pode não ter o mesmo destino tão cedo.

O Google optou por adiar a distribuição do código-fonte do Honeycomb e sequer precisou uma data certa para liberÁ-lo, segundo informações da Bloomberg. A companhia afirma que o software, desenvolvido especificamente para tablets, ainda não estÁ pronto para ser modificado e customizado para outros dispositivos, como smartphones, por exemplo.



As versões anteriores do Android tiveram seus códigos liberados rapidamente para os fabricantes de eletrônicos, o que gerou uma grande variedade de produtos baseada no sistema. Além de smartphones, também surgiram tablets, televisores e set-top boxes, por exemplo.

Para Andy Rubin, vice-presidente de engenharia do Google e chefe da divisão Android, a experiência não deve se repetir com o Honeycomb. O executivo diz que se a companhia abrisse o código do sistema agora, seria impossível evitar que desenvolvedores colocassem o software em smartphones, criando uma experiência de usuÁrio ruim. "Não temos nem idéia se ele funcionarÁ em smartphones", afirma.

Rubin assegura, no entanto, que a companhia não mudou sua postura em relação ao seu sistema operacional móvel. "O Android é um projeto open-source. Nós não alteramos a nossa estratégia", garante.

A iniciativa, aparentemente, é uma tentativa de frear a fabricação de dispositivos com sistemas não-adaptados, como ocorreu com os primeiros tablets Android. O próprio Google precisou se pronunciar afirmando que as versões 2.x e anteriores do sistema não eram otimizadas para tablets e, pouco a pouco, empresas como a LG desistiram de projetos desse tipo.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

A Activision acertou ao colocar músicas do Charlie Brown Jr. no Tony Hawk's 1+2

Últimas

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.