Créditos: Divulgação/Intel
- Publicidade -

CEO da Intel muda de ideia e sugere que escassez de semicondutores vai até 2024

Enquanto CPUs e GPUs se estabilizam, equipamentos de rede ainda devem sofrer com a falta de chips
Por Felipe Gugelmin 30/04/2022 11:05 | atualizado 30/04/2022 11:05 Comentários Reportar erro

Poucos meses após afirmar que não acreditava que a escassez global de semicondutores se estenderia além de 2023, o CEO da Intel, Pat Gelsinger, mudou de ideia e passou a fazer previsões mais pessimistas. Em uma entrevista concedida à CNBC, ele afirmou que há grandes chances de a crise “se estender para 2024, por ter atingido a capacidade produção de equipamentos.

Gelsinger também explica que a revisão de suas previsões é resultado do fato de que alguns setores da indústria vão ter mais problemas do que os outros em incrementar suas linhas de fabricação. Embora o quadro geral possa parecer negativo, o executivo afirmou que a Intel não está sofrendo tanto quanto outras companhias e conseguiu estabilizar sua fabricação interna de chips.

Pela primeira vez em anos, as fábricas da Intel e nossos fornecimentos de substratos estão próximos de atender a demanda de nossos clientes”, afirmou Gelsinger em uma reunião recente com acionistas. O CEO da empresa acredita que os principais desafios da indústria estarão relacionados à produção de novos produtos, que dependem da implementação de linhas de fabricação usando técnicas mais recentes.

Setores de CPUs e GPUs estão normalizando sua produção

Enquanto a crise de semicondutores deve permanecer nos próximos anos, ela deve afetar segmentos diferentes dos vistos em anos recentes. Enquanto os estoques de CPUs, GPUs, consoles e outros produtos eletrônicos que tiveram alta demanda em 2020 e 2021 finalmente estão se normalizando, a situação é diferente para segmentos como chips usados em equipamentos de redes.

Segundo explicou Gelsinger, dispositivos que dependem de conexões ethernet estão passando por uma “restrição de oferta do ecossistema” particularmente difícil. Assim, os componentes que se relacionam com a categoria devem ser os principais responsáveis pela demora no lançamento de novos PCs e pela disponibilidade restrita das máquinas que já estão no mercado.

- Continua após a publicidade -

Durante o relatório fiscal mais recente da Intel, o CEO revelou que o Grupo de Computação para Clientes da empresa teve uma retração de 13% em seu desempenho no último trimestre. Segundo ele, isso pode ser atribuído tanto à uma baixa nos estoques de máquinas pré-montadas quanto a um crescimento de participação de mercado da Apple, que passou a usar seus processadores M1 em seus principais produtos.

Intel anuncia nova fábrica de semicondutores na Alemanha e planos de investir 80 bilhões de euros na União Europeia

Intel anuncia nova fábrica de semicondutores na Alemanha e planos de investir 80 bilhões de euros na União Europeia
Planos incluem também uma fábrica na Irlanda para a criação de um ecossistema de chips produzidos na Europa

Para conseguir lidar com as demandas futuras dos consumidores, a Intel tem investido pesado no estabelecimento de novas linhas de produção — incluindo uma grande fábrica nos EUA que tem investimentos estimados em R$ 108 bilhões. A empresa também tem intensificado suas parceiras com fundições como a TSMC, que fornece tanto os componentes da linha de GPUs Arc quanto equipamentos usados em dispositivos de rede e no segmento de servidores.
 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: The Verge
Tags
  • Redator: Felipe Gugelmin

    Felipe Gugelmin

    Jornalista com 10 anos de experiência nas áreas de tecnologia e games, gosta de estar por dentro das últimas tendências e novidades. Dedica boa parte do tempo livre a jogar (representante da PC Master Race), mas também arranja um tempo para a vida social, leituras e dar passeiros com seu cachorro.

- Publicidade -

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.