Créditos: Adamant Namiki Precision Jewel/Reprodução
- Publicidade -

Wafer de diamante com 5 cm pode redefinir o futuro do armazenamento de dados

Kenzan Diamond foi desenvolvido para computação quântica, ele é capaz de armazenar 25 exabytes de dados

A empresa Adamant Namiki Precision Jewel, do Japão, em parceria com pesquisadores da Saga University acaba de desenvolver algo que pode revolucionar o armazenamento de dados. A equipe desenvolveu Wafer de diamante de 5cm, capaz de armazenar 25 exabytes de informação, em temperatura ambiente. Chamado de Kenzan Diamond, o wafer é o maior sistema de armazenamento de dados em diamante já criado, pensado para ser utilizado na computação quântica.

Esse pequeno wafer de 5cm seria capaz de armazenar o equivalente a 1 bilhão de blu-rays (50GB). Convertendo os valores, a capacidade de armazenamento do wafer de diamante é simplesmente absurda. 

Como o Kenzan Diamond foi criado

O desafio para criar um diamante para computação quântica é que ele precisa ser extremamente puro. A contaminação não pode ultrapassar três partes por bilhão. Para obter um diamante com tamanha pureza os pesquisadores desenvolveram um novo processo chamado Step-Flow, que coloca os diamantes para 'crescer' em um substrato de safira em formato de escada.

Enquanto o diamante se expande, ele cresce lateralmente, o que reduz anomalidades e rachaduras. O material nitrogênio é então utilizado para acelerar todo o procedimento, criando o Kenzan Diamond.

- Continua após a publicidade -

A criação do wafer é um passo importante para a computação quântica e a empresa afirma que o Kenzan Diamond pode ser produzido em massa. De acordo com informações do Gizmodo, a companhia espera iniciar a comercialização do produto já em 2023. "Esperamos que o [Kenzan Diamond] leve a realização dos computadores quânticos no futuro", comentou o porta-voz da empresa.

Armazenar todos os dados do mundo em 5cm

Para se ter uma ideia, a bolacha de diamante em 5cm capaz de armazenar 25 exabytes de informação poderia, em tese, armazenar todos os dados de tráfego global na rede móvel. Segundo estimativas de índice de rede visual da Cisco, publicados em 2016, o tráfego global de dados na rede móvel atingiu 10,8 exabytes por mês.

Mesmo que tais valores já tenham aumentado exponencialmente, um punhado de wafers seria capaz de armazenar todos os dados compartilhados em um ano ao redor do globo.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Extreme Tech, Gizmodo, Adamant Namiki
Tags
  • Redator: Luiz Schmidt

    Luiz Schmidt

    Estudante de jornalismo na UFSC e Escritor. Amante de games, anime, manga e cultura japonesa. Autor do livro Histórias de Amor Talvez Estranhas.

- Publicidade -

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.