Créditos: Divulgação/Activision Blizzard
- Publicidade -

Investidores de Wall Street apostam que negócio entre Microsoft e Activision não dará certo

Analistas acreditam que a FTC e outros órgãos reguladores podem bloquear a aquisição
Por Felipe Gugelmin 28/04/2022 14:07 | atualizado 28/04/2022 14:07 Comentários Reportar erro

Acontece nesta quinta-feira (28) a reunião em que acionistas da Activision Blizzard devem decidir se aprovam a proposta de compra feita pela Microsoft. Mesmo que o negócio de US$ 68,7 bilhões receba o sinal verdade, analistas de Wall Street acreditam que há grandes chances de a aquisição não dar certo.

Segundo uma reportagem da Bloomberg, os papéis da Activision Blizzard atualmente estão sendo comercializados por um valor 25% menor do que os US$ 95 por ação oferecidos pela Microsoft — o que pode acabar colocando em risco a proposta. A desvalorização recente da empresa é resultado da divulgação de seu último relatório fiscal, no qual ela relatou a perda de mais de 60 milhões de jogadores ativos.

Mesmo que as duas empresas mantenham o acordo, órgãos reguladores devem se mostrar uma barreira difícil de contornar. Além de ter que obter a aprovação da Federal Trades Commission (FTC), a negociação ainda vai passar pelo crivo dos governos dos Reino Unido e da China — que tem mostrado resistência a grandes aquisições do mundo da tecnologia, tendo bloqueado a compra da ARM pela NVIDIA recentemente.

Investidores minoritários criticam a aquisição

Enquanto a previsão é a de que a reunião desta quinta-feira seja positiva para os executivos da Activision Blizzard, o processo de compra foi acompanhado por diversos problemas e críticas desde que foi anunciado. O SOC Investment Group, que representa acionistas minoritários da companhia, criticou o valor oferecido pela Microsoft e as possíveis recompensas financeiras que o CEO Bobby Kotick pode receber no fim do processo.

Outro fator que pode se mostrar prejudicial ao acordo é a grande quantidade de processos legais que surgiram contra a publicadora nos últimos meses. Além de ser acusada de promover um ambiente de assédio, a companhia pode estar envolvida em casos de tráfego de influência que beneficiaram financeiramente alguns de seus investidores.

- Continua após a publicidade -

Governador da Califórnia é acusado de favorecer a Activision Blizzard em caso de assédio

Governador da Califórnia é acusado de favorecer a Activision Blizzard em caso de assédio
Advogadas responsáveis pela ação afirmam que Gavin Newson está atuando para dar vantagens à empresa

A aquisição também foi criticada por um grupo de senadores dos Estados Unidos pertencentes ao Partido Democrata, que deve formar uma maioria no quadro de dirigentes da FTC até o fim do processo de análise da compra. Em fevereiro deste ano, a Microsoft afirmou que não se preocupava com possíveis bloqueios para a aquisição, que deve fazer dela o terceiro maior nome do mercado de games mundial.
 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Bloomberg
  • Redator: Felipe Gugelmin

    Felipe Gugelmin

    Jornalista com 10 anos de experiência nas áreas de tecnologia e games, gosta de estar por dentro das últimas tendências e novidades. Dedica boa parte do tempo livre a jogar (representante da PC Master Race), mas também arranja um tempo para a vida social, leituras e dar passeiros com seu cachorro.

- Publicidade -

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.