Créditos: Divulgação/Activision Blizzard
- Publicidade -

Microsoft ainda não decidiu se Bobby Kotick vai ficar na Activision após aquisição

A permanência do executivo é um dos pontos mais polêmicos da aquisição
Por Felipe Gugelmin 18/04/2022 17:15 | atualizado 18/04/2022 17:15 Comentários Reportar erro

Embora a Microsoft tenha garantido que Bobby Kotick vai ficar no comando da Activision Blizzard enquanto o processo de compra da empresa está em andamento, o futuro do executivo no cargo após isso ainda não foi definido. A revelação foi feita pela própria Activision, em uma atualização feita nos documentos enviados às autoridades responsáveis por decidir se a compra poderá ou não prosseguir.

Nenhuma discussão ou negociações relacionadas aos arranjos empregatícios pós-fechamento foram discutidos entre a Microsoft e o senhor Kotick anteriormente à aprovação e execução do acordo de fusão e das transações contempladas”, afirmou o documento divulgado pela empresa. Ela também esclareceu que conversas desse tipo também não aconteceram após o anúncio oficial da aquisição.

A permanência de Kotick na função de CEO é um ponto polêmico do acordo, graças ao estilo de gerenciamento do executivo e seu relacionamento com denúncias de assédio que circulam a Activision Blizzard nos últimos meses. Mesmo que ele não permaneça no cargo, a previsão é que ele receba pelo menos R$ 74 milhões em compensações pelas contribuições financeiras que fez à empresa.

Kotick é considerado uma figura polêmica

A permanência de Kotick no cargo pode ser atribuída a seu histórico na companhia, adquirida por ele em 1990 quando ainda tinha o nome de Mediagenic. Com uma filosofia voltada a tirar o máximo retorno possível de seus jogos, ele transformou a Activision em uma das maiores publicadoras da indústria e estabeleceu séries de sucesso como Call of Duty.

Relatos indicam que o executivo chegou a cogitar deixar o cargo em 2021, como forma de estimular que a empresa corrigisse rapidamente seus problemas culturais. No entanto, ele manteve a posição, mesmo após o surgimento de alegações que o executivo sabia durante anos sobre as questões que afetavam a companhia, mas nada fez para lidar com elas.

- Continua após a publicidade -

A previsão é que a compra da Activision Blizzard pela Microsoft seja finalizada até março de 2023, caso autoridades como o FTC não imponham barreiras à negociação. Entre os pontos que devem ser apontados como problemáticos pelos reguladores é uma possível exclusividade da série Call of Duty — algo que a desenvolvedora se comprometeu a não seguir, ao menos nos próximos anos.
 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: VG 24/7
  • Redator: Felipe Gugelmin

    Felipe Gugelmin

    Jornalista com 10 anos de experiência nas áreas de tecnologia e games, gosta de estar por dentro das últimas tendências e novidades. Dedica boa parte do tempo livre a jogar (representante da PC Master Race), mas também arranja um tempo para a vida social, leituras e dar passeiros com seu cachorro.

- Publicidade -

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.