Créditos: Square Enix
- Publicidade -

PS5 consegue rodar o remaster de Chrono Cross pior que o PlayStation original

Digital Foundry mostra que o port para consoles tem problemas que não existiam antes

Um dos maiores clássicos de JRPG do primeiro PlayStation, Chrono Cross, está de volta com o remaster chamado Chrono Cross: The Radical Dreamers Edition. Comparando a versão original de 1999 com a versão de PS4, rodando em um PS5 via modo compatibilidade, dá para ver que o port sofre com problemas de desempenho que nem mesmo o jogo original tinha, como mostra uma análise do Digital Foundry.

Jogar a 15-20FPS no PlayStation era algo bem comum e que muitos gamers nem percebiam, já que somente PCs muito bem equipados eram capazes de entregar altas taxas de quadros nos anos 90 (além disso, não era um assunto na boca dos gamers). Mas, hoje, essa experiência pode não ser muito agradável, já que o padrão é bem acima disso.

A análise técnica do Digital Foundry mostra que o port para PlayStation 4, ou no PS5 através da compatibilidade, consegue ser pior que a versão de PlayStation com quedas próximas de 10FPS durante batalhas. E o que mais impressiona, é o fato de, em cenas simples, a versão original rodar a 30FPS, enquanto que o port se mantém em 20 FPS.

Segundo o canal, quando um novo elemento 3D entra em cena, é onde os frames caem na versão remasterizada, enquanto que o jogo original se mantém em 30FPS, com algumas quedas abaixo disso. Um dos poucos momentos em que o PS5 consegue ter um desempenho melhor que o original (e essa é para rir), é na tela de título do jogo, onde o primeiro PlayStation mantinha cerca de 10FPS com todos aqueles elementos em 3D, já o PS5 consegue a vantagem com 12FPS.

- Continua após a publicidade -

O remaster roda melhor na versão clássica, sem as melhorias gráficas. Dessa forma, ele se mantém basicamente do mesmo jeito que o original. Tudo isso que foi dito em relação a versão de PS4, também vale para o Nintendo Switch. O Digital Foundry não menciona a versão de PC nem Xbox, mas minha experiência no PC tem sido bem melhor, com 60FPS e altas resoluções.

Uma das reclamações do Digital Foundry foi os cenários pré-renderizados com melhorias através de upscaling via IA. Em alguns momentos, ao que parece, essa IA não conseguiu retratar alguns pontos específicos, ficando um monte de borrão. Além disso, esse upscaling deixou tudo como uma pintura aquarela, o que, particularmente, achei que combina com o jogo.

Chrono Cross: The Radical Dreamers Edition está disponível para PC, PS4, Xbox One e Nintendo Switch.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: YouTube/Digital Foundry
Assuntos
  • Redator: Raphael Giannotti

    Raphael Giannotti

    Entusiasta de JRPG, viveu a era de ouro do gênero nos anos 90. Fã incondicional de Zelda e Final Fantasy, hoje garimpa as bibliotecas de PC em busca de jogos épicos como esses. Enquanto não acha, zera tudo (ou quase) o que vê pela frente. Hobby atual: jogar o máximo de souls-like e metroidvania. Jornalista formado pela UFMA, gamer desde 1991.

- Publicidade -

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.