Créditos: Divulgação/Ubisoft
- Publicidade -

Ubisoft promete que Ghost Recon Breakpoint não vai marcar o fim dos NFTs Quartz

A empresa diz que todos que adquiriram os tokens deixaram sua marca na história do game
Por Felipe Gugelmin 06/04/2022 13:23 | atualizado 06/04/2022 13:23 Comentários Reportar erro

Anunciado oficialmente pela Ubisoft na última terça-feira (5), o fim do suporte oficial a Ghost Recon Breakpoint não vai representar o fim de seus experimentos com NFTs. O jogo foi o primeiro a trazer tokens baseados na tecnologia Quartz, que eram representados por equipamentos com características únicas.

Em um comunicado enviado ao site GamesIndustry, a desenvolvedora confirmou que não deve trazer nenhum NFT novo ao jogo inspirado pelo universo de Tom Clancy’s. No entanto, ela confirmou que não abandonou os experimentos, que devem ser implementados em títulos futuros que ainda não foram detalhados.

A Ubisoft também agradeceu aos fãs que adquiriram os Digits (maneira como ela chama os NFTs) de Ghost Recon Breakpoint, afirmando que eles “agora possuem um pedaço do jogo e deixaram um marco em sua história”. A mensagem divulgada pela empresa pede que os jogadores “fiquem ligados em mais atualizações com recursos para a plataforma e lançamentos futuros em outros games”.

Time responsável pelo Quartz mantém silêncio

Segundo uma reportagem do Kotaku, a desenvolvedora já está trabalhando em um novo capítulo de Ghost Recon, conhecido internamente pelo codinome OVER. Fontes ouvidas pelo site afirmam que o projeto já está sendo desenvolvido há mais de um ano e pode ter seu lançamento oficial dentro do ano fiscal de 2023 (que começa em abril do próximo ano).

- Continua após a publicidade -

A companhia também está trabalhando no jogo free to play Ghost Recon Frontline, que ainda não tem data de lançamento confirmada. Após uma recepção inicial pouco positiva de um teste interno, a equipe responsável pelo título teria voltado à etapa de planejamento para repensar muitos dos aspectos oferecidos pelo jogo.

Enquanto a tecnologia Quartz e os Digits podem estar presentes nos games, o Kotaku afirma que os times responsáveis pelo projeto estão mantendo silêncio sobre seus planos futuros. Além de enfrentar resistência de jogadores, os NFTs da empresa também foram alvo de diversas críticas internas — mesmo em momentos nos quais executivos da empresa afirmaram publicamente que a resistência aos tokens era fruto do desconhecimento sobre a forma como eles funcionam e quais são suas vantagens.

F1 Delta Time: jogo oficial de F1 é encerrado e quem comprou NFTs ficou de mãos vazias

F1 Delta Time: jogo oficial de F1 é encerrado e quem comprou NFTs ficou de mãos vazias
A REVV Motorsport anunciou o fim das atividades do game um dia antes de seu fechamento

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Games Industry, Kotaku
Tags
  • Redator: Felipe Gugelmin

    Felipe Gugelmin

    Jornalista com 10 anos de experiência nas áreas de tecnologia e games, gosta de estar por dentro das últimas tendências e novidades. Dedica boa parte do tempo livre a jogar (representante da PC Master Race), mas também arranja um tempo para a vida social, leituras e dar passeiros com seu cachorro.

- Publicidade -

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.