- Publicidade -

Chefe do PlayStation acredita mais em jogos como serviço do que em sistemas de assinatura

Segundo Jim Ryan, os games não vão conseguir ter fenômenos de assinatura tão grandes quanto a Netflix e o Spotify
Créditos: Divulgação/Bungie

Conhecido pelas declarações polêmicas, Jim Ryan — CEO e presidente da Sony Interactive Entertainment — afirma acreditar que o futuro dos games está nos ditos jogos como serviço. Segundo ele, serviços de assinatura como a PS Plus e o Xbox Games Pass não vão conseguir ter o mesmo alcance visto em outras mídias, representados por empresas como Netflix e Spotify.

A declaração foi dita em uma entrevista à GamesIndustry.biz, na qual o executivo afirmou que boa parte do crescimento da indústria foi motivado por jogos do tipo. “Acredito que a tendência de serviços ao vivo vai continuar, e se você procurar um modelo em nossa categoria de entretenimento que suporte um engajamento sustentado por um longo período de tempo, os jogos como serviço se encaixam melhor nessa conta do que um serviço de assinatura”, explicou Ryan.

Ao mesmo tempo, Ryan reconhece que os serviços por assinatura cresceram nos últimos anos e trouxeram benefícios inclusive para a Sony. Segundo ele, a empresa acumulou 48 milhões de assinantes desde que PlayStation Plus fez sua estreia em 2010, e a previsão é que esse número continue a aumentar nos próximos anos.

Jim Ryan diz que games são diferentes de outras mídias

Para justificar sua posição, Jim Ryan explicou que vê os games como uma mídia diferente das demais que é afetada de forma única pelos sistemas de assinatura. “A mídia de jogos é tão diferente da música e do entretenimento linear, que eu não vejo ela chegando aos níveis que vemos no Spotify ou Netflix”, explicou. Para o futuro, a empresa já planeja investir em pelo menos 10 novos jogos como serviço até 2026.

Na mesma entrevista, o executivo afirmou que não faz parte dos planos da Sony trazer os jogos first party do PlayStation a sistemas de assinatura na data de seu lançamento. Segundo ele, isso interferiria na maneira como os títulos são desenvolvidos, afetando principalmente áreas como seus orçamentos.

- Continua após a publicidade -

A empresa japonesa anunciou na última terça-feira (29) a remodelação da PlayStation Plus, que vai passar a incorporar as características do sistema PlayStation Now. Oferecendo três patamares de assinatura, ela deve oferecer jogos gratuitos, acesso a sistemas online e um catálogo de jogos do PS1, PS2, PS3 e PSP dependendo do patamar assinado — clique aqui para conferir os detalhes.
 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Eurogamer
  • Redator: Felipe Gugelmin

    Felipe Gugelmin

    Jornalista com 10 anos de experiência nas áreas de tecnologia e games, gosta de estar por dentro das últimas tendências e novidades. Dedica boa parte do tempo livre a jogar (representante da PC Master Race), mas também arranja um tempo para a vida social, leituras e dar passeiros com seu cachorro.

- Publicidade -

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.