- Publicidade -

NVIDIA apresenta o superchip de CPU Grace

Componente apresenta 144 núcleos e 1TB/s de largura de banda de memória
Créditos: Imagem/ Divulgação NVIDIA

Nesta semana, a NVIDIA apresentou, durante a GTC 2022, o superchip de CPU Grace da empresa. O dispositivo é a primeira CPU da NVIDIA de data center discreta baseada no ARM Neoverse e, de acordo com a marca, tem como foco infraestrutura de Inteligência Artificial e computação de alto desempenho. 

A construção do Superchip de CPU Grace é feita através da conexão de dois chips de CPU por meio da NVLink-C2C, uma tecnologia de interconexão entre chips da própria NVIDIA e que pode integrar GPUs, CPUs, SoCs e outros componentes da marca. 

“O Superchip de CPU Grace oferece o mais alto desempenho, largura de banda de memória e plataformas de software NVIDIA em um chip e brilhará como a CPU da infraestrutura de IA do mundo", afirma o fundador e CEO da marca, Jensen Huang. A NVIDIA afirma que o novo dispositivo complementa o Superchip Hopper Grace, módulo integrado de CPU-GPU da NVIDIA apresentado ainda no ano passado

A GeForce GTX 1070 AINDA VALE A PENA depois de 6 anos? Vamos descobrir AO VIVO!

A GeForce GTX 1070 AINDA VALE A PENA depois de 6 anos? Vamos descobrir AO VIVO!
A placa causou ótimas impressões em seu lançamento, mas será que ainda aguenta o tranco?

Aplicações e desempenho

Superchip da CPU NVIDIA Grace apresenta 144 núcleos em um único soquete. Segundo a desenvolvedora, o dispositivo tem 1TB/s de largura de banda de memória e atingiu a marca de 740 no benchmark SPECrate 2017_int_base. 

Além da alta largura de banda, o superchip também promete uma eficiência de energia líder no setor. Isso, porque, segundo a NVIDIA, ele apresenta um "subsistema de memória inovador que consiste em memória LPDDR5x com código de correção de erros para o melhor equilíbrio de velocidade e consumo de energia"

- Continua após a publicidade -

Entre as aplicações para o qual o superchip foi designado estão: "HPC, IA, análise de dados, computação científica e aplicações de computação de hiperescala mais exigentes com seu mais alto desempenho, largura de banda de memória, eficiência de energia e capacidade de configuração", descreve a NVIDIA

O dispositivo será capaz de executar todos os softwares de computação NVIDIA (NVIDIA RTX, NVIDIA HPC, NVIDIA AI e Omniverse). A empresa informa que, assim como o Superchip Grace Hopper, o Superchip de CPU Grace deve estar disponível no primeiro semestre de 2023

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: NVIDIA
Assuntos
Tags
  • Redator: Andre Bassani

    Andre Bassani

- Publicidade -

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.