- Publicidade -

Senado aprova novas regras para criptomoedas no Brasil; mineradores terão isenção de impostos

Projeto de lei agora também busca coibir lavagem de dinheiro através do uso de criptos
Créditos: Reprodução

A Comissão de Assuntos Econômicos, colegiado do Senado Federal, aprovou na última terça-feira, dia 22, o projeto de lei (PL) que regula e reconhece o mercado de criptomoedas no Brasil. O PL, de autoria do senador Flávio Arns, pode seguir para Câmara dos Deputas caso não haja recursos na câmara alta do congresso. 

Fiscalização do Banco Central e isenções para mineradores

A aprovação do projeto votou a recomendação de regras e diretrizes para o funcionamento das corretoras. Entre essas regras está o papel do Banco Central como fiscalizador das corretoras de criptoativos. Foi entendido que criptoativos não são títulos mobiliários (ações), então não cabe a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) fiscalizar as corretoras. As empresas prestadoras de serviços de criptoativos são consideras aquelas que executam, em nome de terceiros, pelo menos dos serviços listados:

  • Resgate de criptomoedas;
  • Troca entre uma ou mais cripto;
  • Transferência de ativos virtuais;
  • Custódia ou administração desses ativos ou de instrumentos de controles de ativos virtuais;
  • Participação de serviços financeiros relacionados à oferta por um emissor ou à venda de ativos virtuais

Um ponto do projeto prevê a isenção de alíquotas de tributos. O benefício vale até 31 de dezembro de 2029 (7 anos) e se aplica a empresas que comprem hardware e softwares para processamento, mineração e preservação de ativos virtuais. Os tributos zerados serão: as alíquotas de PIS, Cofins Importação, IPI Importação e Imposto de Importação (em caso de compras importadas) e as alíquotas de contribuição para o PIS, Cofins e IPI (em caso de compras no mercado nacional.


Fonte. Edilson Rodrigues/Agência Senado.

O incentivo, sugerido pelo senador Luis Carlos Heinze, valerá para corretoras que utilizem 100% de energias renováveis nas suas atividades e neutralizem 100% as emissões de gases de efeito estufa das suas atividades. Caberá ao Poder Executivo definir a competência para autorizar e fiscalizar a concessão da isenção.

- Continua após a publicidade -

Combate à lavagem de dinheiro e cadastro de políticos

 

"A intenção do projeto é coibir ou restringir práticas ilegais, como a lavagem de dinheiro, evasão de divisa e tantos outros crimes nesse segmento. Há um mercado que é lícito, legal que é a grande maioria desse mercado, mas há exceções", disse o senador Irajá para a Agência Senado. Para coibir esses crimes, o projeto de lei propõe que as corretoras sejam consideradas instituições financeiras. Assim, ficam submetidas a lei de crimes financeiras (Lei 7.492/1986) e ao Código de Defesa do Consumidor. Junto disso, o PL estabelece que a lei 13.506/2017, responsável por definir a atuação do Banco Central e da CVM, também é aplicada às corretoras, juntamente da lei de lavagem de dinheiro (9.613/1998). O projeto também inclui na Lei 7.492/1986 o crime de prestação de serviços de ativos virtuais sem prévia autorização.

Políticos e pessoas expostas politicamente terão que se cadastrar no Cadastro Nacional de Pessoas Expostas Politicamente (CNPEP). Esse órgão, criado pelo PL e que será normatizado por ato do Poder Executivo, servirá para que instituições reguladas pelo BC consultem seu banco de dados para executar políticas de prevenção à lavagem de dinheiro e avaliar o risco de crédito. Os órgãos e entidades de quaisquer Poderes da União, estados, Distrito Federal e municípios deverão encaminhar ao CNPEP informações atualizadas sobre seus integrantes ou ex-integrantes classificados como pessoas expostas politicamente.

Intel detalha sua linha de mineradores ASIC Bonanza Mile com 3600 Watts

Intel detalha sua linha de mineradores ASIC Bonanza Mile com 3600 Watts
Os sistemas vendidos pela empresa reúnem 300 ASICs dedicados à mineração de Bitcoins

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Agência Senado
Tags
  • Redator: Felipe Freitas

    Felipe Freitas

    Felipe Freitas é formado em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Mas, segundo quase todo mundo, tem cara de quem fez Sistemas. Começou nos jogos com o SNES do seu tio, nunca passou da parte da montanha em Legend of Legaia, adora jogos com histórias bem feitas e de esportes (já que é ruim praticando).

- Publicidade -

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.