Nintendo pode bloquear via firmware o 3DS que rodar jogos piratas

Rodar jogos piratas no 3DS pode ser uma péssima idéia. O aparelho, aparentemente, é capaz de detectar quando o usuÁrio rodar um game ilegal e, então, ser bloqueado via firmware.

O alerta é da loja japonesa Enterking. O site do estabelecimento diz que se o cliente usar um aparelho ilegal ou fizer customizações não autorizadas pela Nintendo, "hÁ a possibilidade de que o 3DS torne-se um sistema não-bootÁvel através de uma atualização do sistema."


Desde o ano passado, a Nintendo se gaba da segurança de seu novo portÁtil, aparentemente "imune" à pirataria. No entanto, apenas um dia após seu lançamento no Japão, o aparelho jÁ foi desbloqueado.

A companhia, no entanto, não entra em detalhes sobre seu sistema antipirataria. Um de seus porta-vozes afirmou à Eurogamer que a empresa "não discute detalhes sobre a segurança dos produtos (por razões óbvias), nem pode comentar sobre as medidas presentes no 3DS."

Ainda de acordo com o porta-voz, o portÁtil tem "a mais atualizada tecnologia". Ele diz que a segurança foi desenvolvida para "proteger tanto o trabalho criativo do software quanto o hardware do 3DS em si."

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Qual os planos para hardware esse ano?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.