Cientistas trabalham em meio para identificar emails anônimos

Cientistas da Universidade da Concordia em Quebec, CanadÁ, estão elaborando uma forma de identificar o autor de um e-mail, através de identificação de padrões em seu estilo de escrita.

A pesquisa, publicada no jornal Digital Investigation, poderia por um fim nos dias dos trolls de internet e das difamações anônimas. Mesmo que um troll utilize de algum serviço de "proteção" que o torne anônimo e/ou utilize de vÁrios servidores de retransmissão,o seu estilo de escrita vai denunciÁ-lo. Os pesquisadores possuem agora de meios que poderiam ser usados para servir de prova em um tribunal, dando informações mais detalhadas do que um simples endereço IP.

O co-autor do estudo, Benjamin Fung, professor de Engenharia de Sistemas da Informação da Universidade da Concordia, disse em um comunicado que houve um aumento alarmante no número de crimes envolvendo e-mails anônimos.

O sistema teve uma taxa de sucesso na identificação dos autores anônimos em cerca de 80-90%.  Aprova de fogo fora utilizado em mais de 200 mil emails de 158 empregados da companhia Eron, que ficou famosa hÁ alguns anos pelo escândalo financeiro causado pelas "maquiagens" em seus balanços.

A desvantagem é que a técnica poderia ser utilizada para revelar as identidades dos denunciantes ou outras pessoas que tenham razões legítimas para enviar e-mails anônimos através de ferramentas à disposição do público.

Assuntos
Tags
  • Redator: Filipe Braga

    Filipe Braga

    Filipe Braga é um cearense extremamente simpático formado em Ciências da Computação e apaixonado por computadores e tecnologia em geral. Também participa de reviews de hardware, especialmente placas de vídeo, processadores e placas mãe.

Em um remake, você quer:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.