- Publicidade -

Sony anuncia a compra da Bungie, desenvolvedora de Destiny e criadora de Halo

Transação custou US$ 3.6 bilhões aos cofres da Sony
Créditos: Twitter/Hermen Hulst

A terceira Lei de Newton diz que toda ação, geração uma reação, no que diz respeito a física. Porém estamos diante de um exemplo na indústria dos games. A Sony acaba de anunciar a compra da Bungie, criadora de Halo, por US$ 3.6 bilhões. A aquisição bilionária vem logo após sua principal rival, Microsoft, adquirir a gigante Activision Blizzard por um valor muito maior, US$ 68.7 bilhões.

A Bungie agora passa a ser uma "subsidiária independente" da SIE (Sony Interactive Entertainment). "A Bungie continuará a operar independentemente, mantendo sua capacidade de se auto publicar e alcançar jogadores onde eles escolherem jogar", descreve o release de anúncio da Sony.

No Twitter, Hermen Huls, chefe do PlayStation Studios, se pronunciou sobre a aquisição da Bungie: "Estou absolutamente animado para receber a Bungie na família PlayStation! A Bungie cria jogos voltados para a comunidade com tecnologia excepcional que são muito divertidos de jogar, e eu sei que todo mundo no PlayStation Studios estarão animados sobre o que podemos compartilhar e aprender juntos".

"Nós tivemos uma forte parceria com a Bungie na criação da franquia Destiny, e eu não poderia estar mais animado em dar as boas-vindas oficialmente ao estúdio à família PlayStation", disse Jim Ryan, president e CEO da SIE. Ele conta que esse é um "importante passo" na expansão do alcance do PlayStation para um "público muito maior".

- Continua após a publicidade -

O CEO da Bungie, Pete Parsons, disse que, junto a SIE, eles "acharam uma parceira que suporta totalmente" o estúdio. "Nós iremos continuar seguindo nossa visão de uma comunidade Bungie unificada, criando jogos que valorizem nossa comunidade e que os encontrem onde e como eles escolherem jogar".

A Sony Interactive Entertainment diz que a "transação está sujeita a certas condições para fechamento, incluindo aprovação de órgãos regulatórios", como acontece com qualquer transação do tipo. A SIE diz, ainda, que após a aquisição, a Bungie será uma "subsidiária independente da Sony Interactive Entertainment e dirigida por seu quadro de diretores liderada por Pete Parson e sua atual equipe de gestão".

Tanto a Sony, como a Bungie, deixaram claro que continuarão lançando seus jogos em outras plataformas, assim como Phil Spencer disse com a aquisição da Activision Blizzard. Até onde vai essa filosofia multiplataforma em ambas aquisições, só o tempo nos dirá. 

- Continua após a publicidade -

Microsoft planeja continuar lançando alguns jogos da Activision no Playstation

Microsoft planeja continuar lançando alguns jogos da Activision no Playstation
Usuários do Game Pass poderão aproveitar os títulos pela assinatura

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: GameSpot Fonte: Sony
Tags
  • Redator: Raphael Giannotti

    Raphael Giannotti

    Entusiasta de JRPG, viveu a era de ouro do gênero nos anos 90. Fã incondicional de Zelda e Final Fantasy, hoje garimpa as bibliotecas de PC em busca de jogos épicos como esses. Enquanto não acha, zera tudo (ou quase) o que vê pela frente. Hobby atual: jogar o máximo de souls-like e metroidvania. Jornalista formado pela UFMA, gamer desde 1991.

- Publicidade -

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.