Créditos: Divulgação/Ubisoft
- Publicidade -

Assassin’s Creed teria viagens espaciais em seu final original

O jogo foi originalmente pensado como uma trilogia que se encerraria com o arco de Desmond Miles
Por Felipe Gugelmin 21/01/2022 16:45 | atualizado 21/01/2022 21:50 Comentários Reportar erro

Uma das principais séries atuais da Ubisoft, Assassin’s Creed foi originalmente pensada para ser muito mais contida, trazendo um final que prometia ser bastante polêmico. Segundo o pesquisador de teorias da conspiração Lars de Wildt, a intenção dos criadores da série era desenvolver uma trilogia que acabaria envolvendo viagens espaciais.

A informação surgiu após de Wildt entrevistar vários membros das equipes de produção que já passaram pela série, incluindo Patrice Désilets (criador de Assassin’s Creed) e Alex Hutchinson, diretor do terceiro jogo. “Colocando brevemente, o terceiro jogo ia terminar com a resolução do conflito no dia atuai, com Desmond Miles derrubando a Abstero usando o conhecimento e habilidades combinados de seus ancestrais, incluindo Altair de AC 1 e Ezio de AC 2”, explicou o pesquisador.

A história também exploraria mais os elementos bíblicos presentes nos jogos originais, bem como o fato de ser 2012 e o mundo estar presentes a acabar. Segundo de Wildt, Desmond Miles e Lucy iriam sobreviver e iniciar uma nova civilização representando as figuras de Adão e Eva — tudo isso a bordo de uma grande espaçonave.

Ubisoft seguiu um caminho completamente diferente

Enquanto muitos dos elementos planejados por Désilets e Hutchinson se tornaram verdade, a Ubisoft decidiu seguir um caminho bastante diferente para a série. O arco narrativo estrelado por Desmond Miles realmente chegou ao fim em Assassin’s Creed III, mas a série continuou recebendo novos capítulos — e protagonistas — desde então.

- Continua após a publicidade -

Não há sinal de que a Ubisoft vá encerrar a franquia em um futuro próximo, mas muitos elementos do plano original continuam a aparecer de forma ligeiramente modificada. O próprio Assassin’s Creed Valhalla volta a estabelecer possíveis conexões com Adão e Eva, e a presença dos misteriosos Isu — que muitos acreditam seres alienígenas — mantém os elementos de ficção científica vivos.

Segundo a Eurogamer, em 2014 o roteirista de longa data da série, Darby McDeviit, explicou que a série possui muitas possibilidades e por isso ela não deve ser encerrada. No entanto, ele afirmou que isso não significa que narrativas específicas não podem ser fechadas para que outras surjam e ocupem seu lugar.
 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Eurogamer
Tags
  • Redator: Felipe Gugelmin

    Felipe Gugelmin

    Jornalista com 10 anos de experiência nas áreas de tecnologia e games, gosta de estar por dentro das últimas tendências e novidades. Dedica boa parte do tempo livre a jogar (representante da PC Master Race), mas também arranja um tempo para a vida social, leituras e dar passeiros com seu cachorro.

- Publicidade -

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.