- Publicidade -

CEO da Activision acredita que Guitar Hero pode voltar nas mãos da Microsoft

Bobby Kotick afirma que a empresa tem a estrutura necessária para produzir novos capítulos da série
Créditos: Divulgação/Activision Blizzard

Em uma entrevista concedida à VentureBeat, onde atribui a decisão de vender a Activision Blizzard ao atraso de jogos como Diablo 4, o CEO da empresa, Bobby Kotick afirmou que isso pode resultar na volta de franquias como Guitar Hero. Segundo ele, a Microsoft possui os recursos necessários para possibilitar que a série musical acompanhada de instrumentos de plástico ganhe uma vida renovada.

Eu queria fazer um novo Guitar Hero por um templo, mas não quero adicionar times para fazer a fabricação e a cadeia de suprimentos e os testes de qualidade da fabricação. E a falta de chips é enorme”, explicou Kotick. O executivo também afirma que tinha uma “visão realmente legal’ de onde a série poderia ir, mas que não tinha os recursos necessários para isso.

O capítulo mais recente da franquia, Guitar Hero Live, foi lançado pela Activision Blizzard em 2015 e trazia uma guitarra plástica com um esquema de seis botões diferente da versão anterior. Além de trazer um modo campanha tradicional, o título apresentava um modo exclusivamente online chamado Guitar Hero TV no qual os jogadores podiam acompanhar uma programação com grades de horário definidas — para tocar muitas das músicas disponíveis na hora desejada, era preciso recorrer a microtransações. 

Skylanders também pode voltar

Durante a mesma entrevista, Kotick afirmou que a série Skylanders também pode voltar a ser produzida com ajuda da Microsoft. Segundo ele, os games baseados no sistema “toys to life” foram prejudicados pelo lançamento de diversas “porcarias alternativas” que “basicamente destruíram o mercado para o que era uma oportunidade futura realmente legal”.

- Continua após a publicidade -

Se você olhar para Skylanders, com seu hardware e cadeia de fabricação, essas são os mesmos tipos de coisa que não podemos fazer, mas a Microsoft pode”, explicou o CEO da Activision Blizzard. Ele também se mostra otimista quanto ao crescimento de séries como Candy Crush (desenvolvida pela King), que pode ganhar mais aspectos sociais e multiplayer com a nova dona.

Para completar, Kotick destacou o papel do metaverso na união entre as empresas. O executivo afirma que a tecnologia é a evolução de uma visão coletiva focada em jogadores, que podem se conectar através de uma franquia de games ligada a uma experiência virtual maior e que também garante acesso a outros conteúdos — algo que será mais fácil de construir agora que a publicadora faz parte do universo Xbox.
 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: VentureBeat
  • Redator: Felipe Gugelmin

    Felipe Gugelmin

    Jornalista com 10 anos de experiência nas áreas de tecnologia e games, gosta de estar por dentro das últimas tendências e novidades. Dedica boa parte do tempo livre a jogar (representante da PC Master Race), mas também arranja um tempo para a vida social, leituras e dar passeiros com seu cachorro.

- Publicidade -

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.