Créditos: Divulgação/BioWare
- Publicidade -

Ex-produtor de Dragon Age diz que “magia da BioWare” é uma grande besteira

Segundo Mark Darrah, o termo era usado para descrever um processo de desenvolvimento ruim
Por Felipe Gugelmin 19/01/2022 11:18 | atualizado 19/01/2022 11:18 Comentários Reportar erro

Responsável pela produção da série Dragon Age e de Anthem durante seu tempo na BioWare, Mark Darrah falou recentemente sobre sua experiência com a desenvolvedora em seu canal Old Game Dev Advice no YouTube. Segundo ele, qualquer história relacionada à “magia” que a empresa tinha ao criar games de sucesso não passa de uma grande besteira.

Internamente, a “mágica da BioWare” era descrita como a capacidade do estúdio conseguir transformar de última hora um processo de desenvolvimento conturbado em um produto de sucesso. Segundo Darrah, na verdade isso descreve um processo terrível que causa horas excessivas de trabalho (processo conhecido como crunch) e faz com que jogos sejam atrasados.

O ex-produtor de Dragon Age descreve o processo de desenvolvimento da BioWare como um taco de hockey, que possui um longo braço em que nada parece acontecer. Isso até o momento em que a curvatura do objeto surge, durante a qual parece que tudo acontece — em comparação com a empresa, esse seria o ponto onde a “magia” surgiria.

“A magia da BioWare é besteira”

A magia da BioWare é um processo horrível”, afirmou Darrah. “É colocar o nome em algo que está dizendo ‘não se preocupe, não se estresse, porque sabemos que em uma data futura tudo vai ficar mais rápido e funcionar’”, explicou. Segundo ele, a falta de previsibilidade do processo gera problemas desnecessários, e a solução passa pelo estabelecimento de um processo de desenvolvimento mais rápido no qual as pessoas podem saber o que estão fazendo.

- Continua após a publicidade -

O ex-produtor de Dragon Age afirmou que o termo “magia da BioWare” é usado por alguns fãs para descrever os games, mundos e personagens desenvolvidos pela empresa. No entanto, o significado era completamente diferente — e mais problemático — para quem trabalhava dentro do estúdio.

Darrah foi funcionário da BioWare por mais de 20 anos, antes de deixar a empresa em 2020, e afirmou que esse processo de desenvolvimento não é único a ela. Segundo ele, isso é algo comum a grandes estúdios da indústria de games e que, embora desejasse por grandes mudanças, ele acredita mais em um processo longo de transição com algumas melhorias surgindo no curto prazo. “Esse é um processo ruim. Então pare com isso. Torne o processo melhor, e você nunca mais vai ter que disso isso [magia da BioWare] novamente”.
 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: PC Gamer
Tags
  • Redator: Felipe Gugelmin

    Felipe Gugelmin

    Jornalista com 10 anos de experiência nas áreas de tecnologia e games, gosta de estar por dentro das últimas tendências e novidades. Dedica boa parte do tempo livre a jogar (representante da PC Master Race), mas também arranja um tempo para a vida social, leituras e dar passeiros com seu cachorro.

- Publicidade -

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.