Créditos: Super Parent

Quanto um CEO de desenvolvedora de jogos ganha? Confira e se surpreenda

Lista traz os 42 CEOs mais bem pagos em 2020

A indústria de games tem crescido cada vez mais a cada ano, especialmente depois do início da pandemia. Com o crescimento, quem tá envolvido no processo criativo, está ganhando mais. CEOs, então, nem se fala. Segundo a Games Ône, empresa de pesquisa de mercado de games, 42 CEOs juntos faturaram, em 2020, quase 1 bilhão de dólares. Os três primeiros ganharam centenas de milhões de dólares nesse ano.

Take-Two Interactive, Activision Blizzard e EA são alguns dos nomes que aparecem na lista dos 10 estúdios com os executivos chefes mais bem pagos da indústria. E se você viu o nome Activision Blizzard, e talvez o nome Bobby Kotick venha à mente, saiba que é o mesmo que está sofrendo uma série de processos por assédio, discriminação racial, entre outras acusações, nas décadas em que está à frente da desenvolvedora.

Entre os 42 CEOs mais bem pagos, os 10 no topo são:

  1. Robert Antokol, Playtika; $372,008,176
  2. Bobby Kotick, Activision Blizzard; $154,613,318
  3. Andrew Paradise, Skillz; $103,321,052
  4. Andrew Wilson, Electronic Arts; $34,715,802
  5. Frank Gibeau, Zynga; $32,003,768
  6. John Riccitiello, Unity; $22,001,733
  7. Strauss Zelnick, Take-Two; $18,111,761
  8. Taek-Jin Kim, NCSoft; $15,620,773
  9. Min-Liang Tan, Razer; $10,457,000
  10. Debbie Bestwick, Team17; $10,242,642

E se invertermos a lista, os 10 "menos bem pagos" entre os 42 CEOS de estúdios de games são:

- Continua após a publicidade -
  1. Carl Cavers, Sumo Group; $685,495
  2. David Braben, Frontier Developments; $581,516
  3. Kati Levoranta, Rovio; $535,722
  4. Anton Gauffin, Huuuge Games; $470,800
  5. Alex Nichiporchik, tinyBuild; $419,460
  6. Darcy Taylor, East Side Games; $418,473
  7. Adam Foroughi, AppLovin; $409,462
  8. Hannes Wallin, Fractal Gaming; $238,447
  9. Claude Guillemot, Guillemot Corporation; $185,004
  10. Lars Wingefors, Embracer Group; $162,293

Alguns nomes podem ser até desconhecidos, como o número um da lista. A Playtika é uma das maiores desenvolvedoras de apps e jogos para celular do mundo. Assim como a Playtika, a Zynga e Skillz são outras gigantes do mundo mobile. Entre os 10 primeiros, a Razer é a única que não desenvolve jogo de fato. 

Deixando de lado as empresas com foco mobile, Activision Blizzard, EA e Take-Two são as gigantes do ramo com foco em títulos AAA. A lista completa traz outras diversas empresas do ramo de games, não necessariamente estúdios, como Corsair e Gamestop. É possível encontrar também os CEOs da Nintendo, Ubisoft, CDPR, Square Enix, entre vários outros.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: Kotaku Fonte: Games One
Tags
  • Redator: Raphael Giannotti

    Raphael Giannotti

    Entusiasta de JRPG, viveu a era de ouro do gênero nos anos 90. Fã incondicional de Zelda e Final Fantasy, hoje garimpa as bibliotecas de PC em busca de jogos épicos como esses. Enquanto não acha, zera tudo (ou quase) o que vê pela frente. Hobby atual: jogar o máximo de souls-like e metroidvania. Jornalista formado pela UFMA, gamer desde 1991.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.