Créditos: Divulgação/Krafton

PUBG dobra número de jogadores no Steam após virar free-to-play

A mudança teve sucesso em atrair novos jogadores, mas veio acompanhada de críticas da comunidade
Por Felipe Gugelmin 13/01/2022 14:18 | atualizado 13/01/2022 14:18 Comentários Reportar erro

A reestreia de PUBG: Battlegrounds como um jogo free-to-play no Steam trouxe bons resultados para sua base de jogadores no PC. Segundo dados da plataforma, 669 mil pessoas se juntaram simultaneamente nos servidores do game para trocar tiros e lutar por itens, equipamentos e pelo tão desejado Jantar de Frango que acompanha uma vitória.

Segundo o analista de mercado Daniel Ahmad, o número é mais do o dobro registrado pelo título nos dois meses anteriores, quando havia uma média de 300 mil pessoas simultâneas online. Ao todo, 668.707 jogadores se juntaram aos servidores do título, que passou a oferecer a maioria de seus conteúdos sem nenhum custo adicional.

No entanto, os números obtidos sequer se aproximam do auge de PUBG no PC, registrado em janeiro de 2018. Na época, o Battle Royale tinha 3,2 milhões de jogadores simultâneos no Steam, marca que vem caindo de forma frequente desde então — segundo a Eurogamer, o título começo 2021 com uma média de 450 mil jogadores simultâneos.

Formato free-to-play pode atrair novos jogadores para PUBG

Entre os elementos que ajudaram PUBG: Battlegrounds a perder sua popularidade está a ascensão de outros jogos com características semelhantes. Se em 2018 ele era considerado único, desde então surgiram competidores de peso como Fortnite, Call of Duty: Warzone e Apex Legends, entre diversos outros.

- Continua após a publicidade -

Enquanto muitos dos concorrentes adotavam logo no lançamento um formato free-to-play, PUBG continuou apostando em um formato pago tradicional durante anos, o que contribuiu para afastar parte do público. Com a queda frequente no número de jogadores, a Krafton se viu obrigada a mudar seu modelo de negócios para continuar relevante.

A mudança para o free-to-play foi bem sucedida em trazer mais jogadores para PUBG: Battlegrounds, mas veio acompanhada por uma redução na avaliação média do jogo no Steam. Comentários deixados por diversos jogadores pedem a devolução do dinheiro investido no título, e há reclamações relacionadas à presença de cheaters e falta de novos conteúdos.
 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Eurogamer
Tags
  • Redator: Felipe Gugelmin

    Felipe Gugelmin

    Jornalista com 10 anos de experiência nas áreas de tecnologia e games, gosta de estar por dentro das últimas tendências e novidades. Dedica boa parte do tempo livre a jogar (representante da PC Master Race), mas também arranja um tempo para a vida social, leituras e dar passeiros com seu cachorro.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.