Créditos: Intel

Intel expande linha de processadores Core de 12ª geração para desktop - Veja modelos

Lançamentos vão de processadores, passando por placa-mães e novos coolers padrão

A apresentação na CES 2022 da Intel mostrou que a empresa não está parada e apresentou os 22 chips Alder Lake-S restantes que irão completar sua linha de processadores para desktops, uma vez que busca solidificar sua posição no topo dos melhores processadores para jogos. A empresa também anunciou que os chipsets H670, B660 e H610 mais baratos chegariam ao mercado em breve, ajudando a aliviar o alto preço de acesso à plataforma associado às placas-mãe Z690.

A Intel também compartilhou detalhes sobre sua nova linha de coolers que vêm junto com seus processadores não-K, chamados Laminar. Esses novos coolers parecem adicionar muitos novos recursos de resfriamento em conjunto com alguns leds RGB, essa mudança nos coolers são extremamente necessárias para competir com os coolers que a AMD envia em seus kits.

Especificações e preços dos Intel Alder Lake-S 

Aqui podemos ver os 22 novos chips de 65W e 35W da Intel que complementam os três modelos Alder Lake (Core i9-12900K, Core i7-12700K e Core i5-12600K) já existentes no mercado. Como nas gerações anteriores, a maioria desses chips vem em duas variantes - um mais completo com gráficos integrados e um modelo da série F sem gráficos que vem com preço menor. Todos esses chips seguem os mesmos princípios básicos dos processadores da série K e suportam recursos como memória DDR4-3200 e DDR5-4800, junto com a interface PCIe 4.0 e 5.0. 

Todos esses novos chips apresentam multiplicadores bloqueados, o que significa que não podem ser overclockadas através do multiplicador. Ainda assim, a nova política da Intel de permitir overclock de memória em todos os seus chips significa que você pode obter ganhos impressionantes com o mínimo de ajustes. 

- Continua após a publicidade -

Falando nisso, o Core i5-12400 de seis núcleos e 12 threads se destaca como o chip preferido para os jogadores com sua excelente combinação de desempenho por US $192 (R$1088,26 em conversão direta). Este chip vem sem os E-cores, o que significa que não tem a arquitetura híbrida como vemos em muitos dos chips Alder Lake, mas isso não prejudica sua competitividade em sua faixa de preço. A série Core i5 é atraente, com preços variando de US$223 (R$1263,96 em conversão direta) do Core i5-12600 a US$167 (R$946,56 em conversão direta) do Core i5-12400F. 

Os modelos mais sofisticados que seriam o Core i9-12900 de US$489 (R$2771,65 em conversão direta) e o Core i7-12700 de US$339 (R$1921,45 em conversão direta) são quase idênticos aos modelos da série K, então eles vêm com E-cores, mas também têm velocidades de clock mais baixas para ficar dentro dos 65W de PBP/TDP. Essa é uma redução significativa comparada a classificação de 125W da série K. Além disso, a Intel também reduziu o Máximo Turbo Power (MTP) nos modelos Core i9 e i7 em 39W e 10W, respectivamente. Naturalmente, essas alterações no consumo de energia resultam em menos desempenho, mas também oferecem um sistema mais frio e preço mais amigável do que os chips da série K.

A linha de Core i3 da Intel também parece impressionante, com quatro núcleos de desempenho (esses processadores também não têm E-cores) e oito threads juntos com o Intel UHD Graphics 730. Os preços variam de US$97 (R$549,80 em conversão direta)  para Core i3-12100F até US$143 (R$810,52 em conversão direta) do Core i3-12300, ambos os quais parecem ser chips muito bons para o segmento de entrada. Infelizmente, tanto a Intel quanto a AMD abandonaram o mercado de processadores que custam menos de US$140 nesse período de escassez de chips, então o fornecimento tem sido curto, mas esperamos ver esses processadores se tornarem mais disponíveis para usuários domésticos.

- Continua após a publicidade -

A Intel também lançou seus processadores Pentium Gold G7400 de custando US$64 (R$362,75 em conversão direta) e o Celeron G6900 de US$42 (R$238,06 em conversão direta) para o segmento “super básico”. Esses chips dual-core vêm com quatro threads e têm um chip gráfico UHD Graphics 710 muito limitado em relação aos outros. Os chips da série T da Intel, que vêm com um TDP de 35W e são populares para sistemas ultracompactos como HTPCs e dispositivos com refrigeração passiva, também estão disponíveis em uma ampla gama de configurações.

Comparativos de mercado Intel Alder Lake-S 65W e 35W

Aqui podemos ver os benchmarks da Intel de dentro de seu próprio ambiente de teste, mas como com todos os benchmarks fornecidos pelo fornecedor, considere-os com ceticismo. A Intel comparou seu Core i5-12600 e Core i9-129900 com o Ryzen 7 5700G em uma gama de produtividade e cargas de trabalho de criação, e como você pode imaginar, esses benchmarks revelam grandes ganhos para os chips da Intel. A Intel também mostrou ganhos de desempenho impressionantes para o Core i9-12900 em relação à geração anterior do i9-11900, posicionando-o como uma ótima solução para jogadores casuais. 

Detalhes do die dos processadores Alder Lake

A MSI confirmou recentemente através de uma transmissão ao vivo que a Intel usa duas matrizes diferentes para a série Alder Lake: uma matriz tem oito núcleos P e oito núcleos E (8P + 8E), e outra tem apenas seis núcleos P (6 + 0). Obviamente, o último die é muito menor e, portanto, mais econômico, fazendo muito mais sentido para uso nos chips Alder Lake não híbridos com seis ou menos núcleos.

No entanto, o teste de vazamento indica que os chips Core i5-12400 variam de chip para chip e podem vir com qualquer tipo de matriz. Isso significa que os chips C0 têm, na verdade, um total de oito núcleos P e oito núcleos E, mas a Intel desativa os núcleos extras para reduzi-los a um design 6 + 0. Naturalmente, isso ajuda a empresa a vender matrizes maiores que apresentam defeitos durante a fabricação. Também pode ajudar a melhorar o fornecimento e a eficiência de fabricação quando não há matrizes 6 + 0 "perfeitas" e sem defeitos suficientes disponíveis.

A diferença física entre as matrizes - o barramento em anel do projeto 8P + 8E se estende para cobrir os núcleos E e P-cores desabilitados - implica que as matrizes H0 com 6 + 0 terão latências de núcleo a núcleo mais baixas. Isso poderia teoricamente levar a um desempenho ligeiramente mais rápido sob certas condições. Além disso, a evidência anedótica também sugere que os chips H0 requerem menos energia. 

Novos coolers Intel Laminar

Já vimos sinais dos novos coolers Laminar da Intel, mas agora temos todos os detalhes. Esses coolers são projetados para lidar com duas deficiências principais dos coolers padrão da Intel: Limitações e estética da dissipação térmica. Os coolers originais da AMD há muito tempo superam a Intel em ambos os departamentos, então esta é uma atualização extremamente necessária.

Os coolers Laminar são compatíveis com o socket LGA1700 e vêm em três variantes. O Laminar RH1 possui iluminação aRGB controlável e apresenta uma grande coluna de cobre para melhorar a dissipação térmica. Intel afirma uma operação quase silenciosa em 2,6 BA. Este cooler vem com o modelo Core i9 bloqueado.

O Laminar RM1 vem para os modelos Core i7, i5 e i3 não K e vem sem iluminação RGB (tem um anel azul decorativo revestindo as aletas). A Intel avalia este cooler como 'desempenho silencioso' em 3,9 BA. O Laminar RS1 completa a nova família de coolers, é o menor do grupo e só será fornecido com os chips Pentium e Celeron de menor potência. Este cooler não tem uma classificação de ruído listada.

A Intel também disponibilizará esses coolers separados dos chips, mas você terá que comprá-los em lotes de 1000 unidades. Embora isso os deixe fora do alcance para a maioria de consumidores casuais, isso significa que eventualmente veremos esses coolers em pontos de venda por meio de vendedores terceirizados. 

Chipsets Intel H670, B660 e H610

O modelo de precificação da Intel com os chips Alder Lake é agressivo - com base em seu desempenho, cada modelo compete com os chips concorrentes Ryzen 5000. Isso significa que os chips Alder Lake são de grande custo benefício, mas o alto preço associado às placas-mãe Z690 tem sido um ponto problemático que, em alguns casos, permite que a AMD se mantenha competitiva nos custos gerais do sistema. Esses preços elevados tendem a resultar principalmente no suporte para DDR5 e a interface PCIe 5.0. A escassez de módulos DDR5 e o escalonamento de preços resultante da mudança de tecnologia certamente não ajudaram nas contas também. Infelizmente, existem poucas opções de placas-mãe DDR4 Z690 disponíveis.

A Intel planeja resolver o problema dos altos preços das placas-mãe com o lançamento dos chipsets H670, B600 e H610. Informando que devemos esperar que as novas placas-mãe com esses chipsets suportem predominantemente memória DDR4 de baixo custo, e alguns irão evitar a interface PCIe 5.0 para economizar custos.

Notavelmente, o overclock de memória é permitido com todos os processadores Alder Lake, incluindo modelos bloqueados, nas plataformas B660 e H470. Como os chips Alder Lake, as novas placas-mãe começam a ser vendidas hoje. Ainda não temos informações de preços e disponibilidade no mercado brasileiro.

ANÁLISE: Intel Core i9-12900K - Comparamos com o 10900K, 11900K, 5900X e 5950X

ANÁLISE: Intel Core i9-12900K - Comparamos com o 10900K, 11900K, 5900X e 5950X
Intel traz grande mudança em sua nova linha de processadores junto com novas tecnologias como DDR5 e PCIe 5.0

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Tags
  • Redator: Mateus Lecchi

    Mateus Lecchi

    Um jogador de carteirinha, consumidor de séries, conteúdo sobre hardware, consoles, smartphones e mais! Engenheiro Civil que se tornou desenvolvedor PHP. Do interior do Espírito Santo, sempre jogando, desenvolvendo. ;)

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.