Créditos: Divulgação/Square Enix

Square Enix anuncia que seus jogos entrarão no mercado de NFTs em 2022

A empresa também promete explorar o metaverso e soluções de inteligência artificial
Por Felipe Gugelmin 03/01/2022 09:20 | atualizado 03/01/2022 09:20 Comentários Reportar erro

Após a Ubisoft iniciar a venda de NFTs em Ghost Recon: Breakpoint como forma de testar esse mercado, outra grande empresa do mundo dos games afirma que está comprometida a trazer a tecnologia ligada ao blockchain a seus títulos. Em uma carta aberta publicada no último sábado (1), o presidente da Square Enix, Yosuke Matsuda, afirmou que a empresa não só está pronta a se dedicar à tecnologia, como também quer explorar o metaverso e soluções de inteligência artificial.

Matsuda afirma que a introdução de economias viáveis baseadas em tokens vão contribuir para o “crescimento sustentável” do que ele chamou de “jogos descentralizados”. O executivo afirmou que os títulos baseados no novo modelo vão coexistir com aqueles que usam o modelo centralizado — descrito por ele como um sistema no qual há um relacionamento em sentido único no qual jogadores e empresas são ligados por games que se apresentam como “produtos finalizados”.

Sem citar quais títulos podem receber o novo tratamento, o presidente da Square Enix afirmou que há uma crescente aceitação e conhecimento da sociedade sobre tecnologias associadas ao mercado da criptografia. Ao mesmo tempo, ele afirmou que a empresa vai “manter um olhar atento às mudanças sociais nesse espaço, ouvindo aos diversos grupos de usuários que o habitam”.

Square Enix pode emitir NFTs próprios

Embora vaga em relação aos planos concretos da Square Enix para o mundo NFT, a carta de Matsuda deixa claro que a empresa já estuda a emissão de tokens próprios em um futuro próximo. Conforme aponta o site Dual Shockers, na prática a empresa entrou nesse mercado no dia 17 de março de 2021, ao emitir adesivos em NFT baseados na franquia Million Arthur, jogo de cartas mobile que havia sido encerrado em 2020.

A ação, considerada pela empresa como uma “prova de conceito”, se mostrou bem-sucedida e os tokens se esgotaram em questão de pouco tempo. Em uma entrevista concedida à Famitsu, nomes como Yoshinori Kitase (produtor de Final Fantasy), Yosuke Saito (produtor de Nier) e Noriyoshi Saito (produtor de Dragon Quest) se disseram interessados pela tecnologia e acreditaram que ela pode mudar os games, mas nenhum afirmou que ela vai fazer parte de um projeto próximo.

- Continua após a publicidade -

O posicionamento da Square Enix faz com que muitos acreditem que, na prática, a empresa está se envolvendo em temas como NFT, blockchain e metaverso para apelar a investidores e mostrar que está atenta às últimas tendências de mercado. Resta esperar para ver como as iniciativas da empresa nesses mercados vão ser recebidas — as apostas recentes da Ubisoft e da GSC Game World mostram que o público tradicional possui grande resistência a essas tecnologias e está disposto a protestar contra companhias que as adotam.
 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: GameSpot, DualShockers, Square Enix
  • Redator: Felipe Gugelmin

    Felipe Gugelmin

    Jornalista com 10 anos de experiência nas áreas de tecnologia e games, gosta de estar por dentro das últimas tendências e novidades. Dedica boa parte do tempo livre a jogar (representante da PC Master Race), mas também arranja um tempo para a vida social, leituras e dar passeiros com seu cachorro.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.