Créditos: Mika Baumeister no Unsplash

HDMI 2.1a virá com recurso que enriquecerá a experiência com HDR, mas confunde ainda mais

Novidade pode causar ainda mais os problemas na nomenclatura HDMI
Por Willian Ferreira 23/12/2021 15:40 | atualizado 23/12/2021 15:42 Comentários Reportar erro

O HDMI Licensing Administrator (HDMI LA) anunciou durante um evento pré-CES 2022 (via TFTCentral) uma nova atualização que estará chegando para a certificação HDMI. Ela será chamada de HDMI 2.1a e virá com o novo recurso chamado de “Source Based Tone Mapping” (SBTM). Essa novidade promete trazer uma experiência aprimorada de HDR, mas pode acabar piorando ainda mais os problemas de nomenclatura que as conexões HDMI 2.1 vêm enfrentando.

Com a tradução literal do seu nome sendo ‘Mapeamento de Tom Baseado na Fonte', o recurso SBTM promete trazer diversos benefícios para jogos. Em resumo, a novidade é capaz de controlar o mapeamento de tons do display, permitindo que janelas diferentes do computador exibam conteúdos diferentes, uma podendo ser SDR e outra com conteúdos HDR.

Isso significa que a novidade não irá substituir a tecnologia HDR, mas sim enriquecer a sua experiência, trazendo uma série de melhorias de funcionamento e também visual. Como afirmado pelo HDMI Licensing Administrator, o SBTM “permite que a fonte envie um sinal de vídeo que aproveita ao máximo a capacidade HDR de uma tela específica, ajustando sua saída para aproveitar melhor o potencial de cada tela.”


Créditos: Reprodução / TFTCentral / HDMI Licensing Administrator

Permitindo um controle do conteúdo de cada janela do computador, o HDMI 2.1a trará a opção de reprodução de um vídeo com imagens bastante detalhadas e com um ótimo contraste, mas sem influenciar a outra janela que está aberta com um texto. Essa novidade funcionará normalmente com as tecnologias HDR10, HLG e HDR e o funcionamento dependerá que os dispositivos de saída e entrada de vídeo tenham suporte, que pode chegar através de uma atualização de firmware para muitas smart TVs e monitores.

- Continua após a publicidade -

HDMI 2.1a pode piorar os problemas de nomenclatura HDMI

O HDMI Licensing Administrator está sendo bastante criticado recentemente pela sua maneira que certifica aparelhos com suporte a diferentes versões de HDMI. Como apontado pelo VideoCardZ, o órgão abre brecha para vendedores enganarem os usuários.

A organização considera as especificações da versão 2.1 apenas como opcionais e os recursos do HDMI 2.0 foram transferidos para a última versão. Significando que fabricantes podem vender aparelhos sem o suporte a recursos de última geração afirmando possuir HDMI 2.1.

Isso acaba criando um grande problema onde as fabricantes chinesas estão vendendo que seus monitores afirmando que eles possuem entradas 2.1, mas com essas portas possuindo especificações da versão 2.0. Com o lançamento da HDMI 2.1a é presumível que tanto a versão 2.0 como a 2.1 serão transferidas para o novo padrão, possibilitando que fabricantes divulguem seus aparelhos com HDMI 2.1a mas sem o suporte a recursos como o “Source Based Tone Mapping” (SBTM).

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Mundo Conectado, VideoCardZ, TFTCentral
Tags
  • Redator: Willian Ferreira

    Willian Ferreira

    Willian Ferreira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina em 2019 e começou a estudar Sistemas na Estácio. Desde criança é um aficionado por games, essa paixão acabou despertando o interesse na área de tecnologia. Joga de tudo um pouco, mas tem uma preferencia para jogos de ação, FPS e Fable.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.