Funcionários intoxicados a serviço da Apple são forçados à demissão

Na semana passada a Apple publicou um relatório em que admitia que mais de 100 funcionÁrios de uma fÁbrica chinesa que fabricava peças para o seus produtos foram contaminados com um químico tóxico chamado N-Hexane. O produto, que é usado para limpar a tela do iPhone, causou paralisia em pelo menos 101 funcionÁrios na fÁbrica da United Win Technology. Agora os funcionÁrios estão sendo forçados a deixar a empresa e recebendo pagamentos para não acionar a justiça.

A Apple confirmou que a contaminação dos funcionÁrios ocorreu devido a  falhas no equipamento de ventilação da empresa e assegurou que o maquinÁrio foi reparado e que os funcionÁrios foram tratados antes da produção recomeçar. De acordo com o site GizChina, porém, os funcionÁrios que aceitaram ter suas despesas médicas pagas pela Win Technology também foram forçados a, em troca do auxílio, encerrar seus contratos e não acionar a Apple ou a Win Technology na justiça, seja em busca de ressarcimento de futuras despesas médicas ou qualquer outro tipo de reparação de danos.

No total, 58 vítimas aceitaram ter seus contratos rompidos e receberam pagamentos de 70 mil a 140 mil yuans (entre US$ 10,600 e US$ 21,300), mas outros continuaram trabalhando com medo de perder assistência médica no futuro.

Alguns dos funcionÁrios que receberam tratamento ainda estão sofrendo os efeitos da exposição ao N-Hexane meses depois da contaminação, com muitos temendo que a doença os force a serem hospitalizados novamente.

"Eu não posso me demitir por causa da minha situação, porque eu não sei o que vai acontecer comigo no futuro," disse um funcionÁrio chamado Guo, atestando que se ele se demitisse e voltasse a ficar doente não teria condições financeiras para pagar seu tratamento.

O N-Hexane é muito utilizado na indústria para limpar telas e, se inalado pode causar paralisia dos braços e pernas.

Assuntos
Tags
  • Redator: Alexandre Lunelli

    Alexandre Lunelli

    Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Alexandre é um entusiasta da fotografia, música, e demais áreas que não cansem muito. Fã da comunidade opensource, e sonha com um mundo mais bonito, igualitário e sem o trabalho, mal que corrompe a humanidade.

Qual vai ser o melhor game lançado em maio de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.