Créditos: Getty Images/Reprodução

Sony é processada por discriminação de gênero

Ex-funcionária que move ação contra empresa alega condições de trabalho desiguais

Após as acusações envolvendo a Activision Blizzard que estão causando grandes manifestações no universo gamer, agora é a vez da Sony enfrentar um processo. Emma Majo, ex-funcionária da Playstation, processa a empresa por discriminação de gênero contra as mulheres. A ação foi registrada na Califórnia, com alegações de que a Sony não oferece ambiente de trabalho igualitário e dificulta a promoção de mulheres.

Emma Majo começou a trabalhar como analista de riscos de segurança na Playstation Network, a partir de dezembro de 2015. A ex-funcionária foi desligada da empresa, após o fechamento de um dos departamentos internos da PSN. No processo, que pode ser acessado na íntegra, Majo afirma que mulheres não recebem pagamento igualitário, e que são preteridas no momento das promoções.

Como podemos observar, o processo se trata de uma ação coletiva de classe (Class and Collective Action), ou seja, no decorrer das semanas mais pessoas podem surgir com as mesmas acusações contra a Sony. Em dois trechos do processo, podemos ver que a depoente afirma que a empresa falhou em tomar atitudes contra as reclamações em relação a discriminação de gênero. Além disso, Majo afirma ter conversado com seus superiores sobre como poderia conseguir uma promoção dentro da empresa, sem obter respostas satisfatórias. 

- Continua após a publicidade -

Problemas na indústria

Com o caso da Activision Blizzard, a Nintendo, Xbox e Playstation se manifestaram contra assédio e abuso nos ambientes de trabalho. Jim Ryan, chefe do Playstation, entrou em contato com a Activision para saber como eles resolveriam as graves acusações envolvendo Bobby Kotick, CEO da Activision Blizzard

Em e-mail divulgado pela Bloomberg, Ryan afirma que a empresa "Não fez o suficiente para corrigir uma cultura profunda de discriminação e assédio", em relação ao caso envolvendo Kotick. 

Até o momento, a Sony não se manifestou oficialmente sobre o processo movido por Emma Majo. Resta saber qual será a ação da empresa perante as acusações, além de se novas informações irão revelar um ambiente de trabalho discriminatório no Playstation.  

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Techraptor, Forbes
  • Redator: Luiz Schmidt

    Luiz Schmidt

    Estudante de jornalismo na UFSC. Amante de games, anime, manga e cultura japonesa. Gosta de escrever histórias de horror nas horas livres e sonha em publicar um livro.

Qual a sua marca de headphones/headsets para jogos preferida? - Pesquisa de Periféricos 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.