Créditos: Reprodução / Viktor Tóth

Neuroengenheiro está treinando ratos para jogar Doom

Pesquisador usa reforços positivos para recompensar e ensinar os animais

Após descobrirmos que o Doom clássico estava funcionando em adpatador USB Bluetooth, percebemos que temos que nos preparar um futuro onde todos os dispositivos irão apenas rodar os games clássicos. Mas isso também abre uma grande dúvida: quem vai jogar tanto Doom? Um neuroengenheiro está trabalhando para resolver isso, treinando ratos para conseguirem jogar os games clássicos feitos pela iD Software.

Quem detalha o trabalho realizado no treinamento desses animais é o próprio neuroengenheiro Viktor Tóth, que escreveu um guia no Medium detalhando cada passo da sua pesquisa. Além disso, ele também publicou vídeos no seu canal no Youtube mostrando os roedores jogando um pouco.

No seu texto Tóth detalha que teve que construir uma espécie de configuração de RV no motor do Doom 2, onde os ratos podiam atravessar corredores com base em um rastreador de movimento construído por ele. O sistema feito pelo pesquisador conta com uma bola presa que rola com o movimento do animal e detecta que ele está andando, os roedores ficam presos a uma roupa especial e, sempre que fazem a coisa certa, recebem de recompensa uma água açucarada como reforço positivo.

O neuroengenheiro aponta que uma das partes mais difíceis do processo foi fazer os ratos John Romero, John Carmack e Tom Hall, nome dos co-fundadores da id Software, entenderem o que fazer quando encontrar um inimigo.

- Continua após a publicidade -

Mas para contornar isso ele fez uma sistema de detecção de acertos no software, sempre que o animal atirar certo no alvos ele é recompensado e percebe que isso é algo que ele deve repetir. Entretanto, para dar uma penalidade de dano, sempre que o roedor é atingido pelo inimigo ele é penalizado, seja com uma recompensa menor ou um baforada de ar na cara, algo que faz com que o roedor não se sinta confortável em ser atacado.


Créditos: Reprodução / Viktor Tóth

Apesar de ser um experimento interessante, no próprio relatório Viktor Tóth questiona se os animais estão de alguma forma jogando de alguma forma "significativa". Toda a pesquisa e equipamento feito pelo neuroengenheiro está disponível neste link, vale a pena ressaltar que ele é um cientista treinado e sabe manusear animais sem machucá-los e que esse guia é para outros pesquisadores.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: GameRant Fonte: Medium
Tags
  • Redator: Willian Ferreira

    Willian Ferreira

    Willian Ferreira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina em 2019 e começou a estudar Sistemas na Estácio. Desde criança é um aficionado por games, essa paixão acabou despertando o interesse na área de tecnologia. Joga de tudo um pouco, mas tem uma preferencia para jogos de ação, FPS e Fable.

Qual a sua marca de headphones/headsets para jogos preferida? - Pesquisa de Periféricos 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.