Créditos: Nvidia

NVIDIA destaca novidades do DLSS 2.3 e afirma superioridade sobre "upscale espacial"

Lançado há mais de um mês, Nvidia ainda não havia feito comunicado oficial da nova versão do DLSS
Por Mateus Lecchi 16/11/2021 11:00 | atualizado 16/11/2021 11:30 Comentários Reportar erro

A Nvidia lançou, sem muito alarde, a versão 2.3 de sua tecnologia de Deep Learning Super Sampling (DLSS), e agora em um vídeo que a empresa publicou e retirou do ar, ela compara seu recurso com seus concorrentes, que ela chama de “upscaling espacial”. O portal VideoCardz teve acesso ao vídeo antes que ele fosse removido do ar, e fez as algumas anotações do conteúdo.

Em sua mais nova versão DLSS, Bryan Catanzaro (Vice Presidente de Pesquisa em Aprendizado de Máquina Aplciada) explica como a tecnologia se compara às tecnologias de upscaling espacial existentes, como o AMD FSR. Ele destaca o fato de que o DLSS está em desenvolvimento há anos e tem visto atualizações em relação à disponibilidade de 3 anos.

A maior atualização veio com o DLSS 2.0, que introduziu a reconstrução com inteligência artificial, assim o DLSS não estava mais associado à experiência de jogo com imagens borradas. A NVIDIA prestou atenção no que a comunidade esperava e aprimora sua tecnologia desde então.

- Continua após a publicidade -

O DLSS 2.3 introduz um uso mais inteligente de vetores de movimento em jogos, o que melhora os detalhes e reduz o ghosting e “flicker” das partículas em movimento.

O vídeo da NVIDIA se concentra em uma comparação entre o DLSS e a tecnologia convencional de aumento de escala espacial, que existe há anos. A tecnologia já foi implantada até nas TVs, diz Catanzaro. Na verdade, acrescenta, que o driver NVIDIA GeForce já oferecia seu próprio upscaler espacial há muito tempo.

 

O vídeo apresenta uma comparação entre DLSS em diferentes modos de qualidade e upscaling espacial em jogos como Necromunda Hired Gun, Chernobylite e Back 4 Blood. Em cada caso, a NVIDIA nem mesmo menciona o AMD FSR, fazendo alusão apenas ao upscaling espacial. A empresa alega que as informações temporais de vários quadros simplesmente produzirão resultados melhores e, em alguns casos, até melhores do que os nativos.

- Continua após a publicidade -

Clique na imagem para ampliar.

Várias comparações independentes entre AMD FSR e NVIDIA DLSS mostraram que ambas as tecnologias conquistaram seu lugar e competirão entre si até que apareça um terceiro concorrente, como o Intel XeSS. No entanto, quando isso acontecer, a AMD provavelmente lançará sua versão do FSR baseada em IA para acompanhar a qualidade das tecnologias concorrentes. Em tempos de escassez de hardware, tecnologias que conseguem “espremer” um pouco mais de FPS mantendo a melhor qualidade possível sempre serão bem-vindas.

Veja as tecnologias da NVIDIA que chegam a Battlefield 2042, GTA: The Trilogy e Bright Memory: Infinite

Veja as tecnologias da NVIDIA que chegam a Battlefield 2042, GTA: The Trilogy e Bright Memory: Infinite
O destaque fica para Bright Memory: Infinite com vários efeitos aplicados

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: VideoCardz
Tags
  • Redator: Mateus Lecchi

    Mateus Lecchi

    Um jogador de carteirinha, consumidor de séries, conteúdo sobre hardware, consoles, smartphones e mais! Engenheiro Civil que se tornou desenvolvedor PHP. Do interior do Espírito Santo, sempre jogando, desenvolvendo. ;)

Qual a sua marca de headphones/headsets para jogos preferida? - Pesquisa de Periféricos 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.