Créditos: Micron

Fabricante de DRAM Micron sofreu danos após terremoto que atingiu Taiwan

Apesar do problema, a estimativa é de que os preços não subam.

No último domingo, a ilha de Taiwan foi atingida por um terremoto que afetou diversas fábricas de semicondutores. A Micron, grande fabricante de chips de memória, afirma que não houve feridos no desastre, mas a produção sofreu uma interrupção na planta da Fab 11, perto da cidade de Taoyuan. 

Geralmente nesses cenários de desastres que afetam a produção de memória ocorre um aumento de preço nos produtos derivados, até o momento a Micron não se pronunciou a respeito, em comunicado à imprensa a Micron informa:

A Micron Technology confirmou que todos os membros da equipe em Taiwan estão seguros como resultado do terremoto de magnitude 6,5 que atingiu o nordeste de Taiwan em 24 de outubro. O terremoto causou impacto na produção em nossas instalações em Taoyuan. A Micron está avaliando o impacto e determinando as etapas apropriadas para retornar à produção plena.

Enquanto sua concorrente Nanya afirma que sua produção não passou por grandes problemas, conforme nota publicada pela empresa.

Na manhã de 25 de outubro, a maioria dos equipamentos voltou à operação normal e o resto do equipamento continua a ser reativado. O incidente pode afetar ligeiramente a produção mensal no curto prazo. A empresa confirmou com sua cadeia de suprimentos e subcontratados para garantir a continuidade da produção. O incidente não teve impacto material na operação da Nanya Technology.

- Continua após a publicidade -

Pequenos terremotos, grandes probelmas

Quando ocorre um terremoto, as fábricas são fechadas automaticamente, na maioria dos casos, alguns wafers que estão sendo processados ??naquele momento são danificados e precisam ser descartados, o que tem um custo. Em alguns casos, o equipamento da fábrica é danificado e precisa ser consertado ou substituído, o que causa um impacto financeiro mais substancial. Reiniciar as fábricas leva algum tempo, pois todas as ferramentas precisam ser examinadas antes de voltar ao trabalho, então as fábricas da Micron perto de Taoyuan não irão operar com capacidade total por dias ou, no pior cenário, semanas.

A planta Fab 11 da Micron Technology Taiwan, localizada perto da cidade de Taoyuan, é uma das duas principais instalações de produção de DRAM da Micron no país, sendo a outra localizada perto de Taichung. A capacidade de produção do Fab 11 no ano passado foi de aproximadamente 125.000 wafer iniciados por mês, o que na época era um pouco menos de 9% do fornecimento global de DRAM.

Estimativas de excesso de memória para o ano que vem

A demanda por memória de computador atualmente é bastante forte, uma vez que a demanda por PCs e outros eletrônicos está aumentando. Mas a demanda por DRAM no quarto trimestre é menor do que no terceiro trimestre. Analistas da  TrendForce  acreditam que os preços de DRAM devem cair no próximo ano, já que a oferta excederá a demanda, e todos os fabricantes de memória estão implantando seus processos de fabricação mais atuais que permitem densidades de bits mais altas, causando excesso de oferta. Com base em suas estimativas, o fornecimento total de chips DRAM deve aumentar 17,9% ano a ano em 2022.

Memórias DDR5: o que muda com a tecnologia? É hora de trocar?

Memórias DDR5: o que muda com a tecnologia? É hora de trocar?
Explicamos as novidades da nova geração da tecnologia e se é melhor não comprar DDR4 agora

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Tom’s Hardware
Tags
  • Redator: Mateus Lecchi

    Mateus Lecchi

    Um jogador de carteirinha, consumidor de séries, conteúdo sobre hardware, consoles, smartphones e mais! Engenheiro Civil que se tornou desenvolvedor PHP. Do interior do Espírito Santo, sempre jogando, desenvolvendo. ;)

Qual a sua marca de headphones/headsets para jogos preferida? - Pesquisa de Periféricos 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.